Paladar

Bebida

Bebida

Aberta a temporada de reabastecer a adega

As liquidações de vinho começam na segunda-feira. Selecionamos as melhores compras – de ofertas de dez importadoras – em duas categorias, vinhos até R$ 60 e vinhos mais caros, mas que estão com belos descontos

14 janeiro 2015 | 17:55 por marcelmiwa

Na segunda-feira, 19, começa a temporada anual de liquidação de vinhos. É hora de abastecer as adegas.

Como fazemos todos os anos, reunimos todas as ofertas das importadoras para selecionar as melhores compras da temporada – neste ano, divididas em duas categorias: vinhos com preços baixo em valores absolutos (abaixo de R$ 6o) e vinhos mais caros, mas que estão com bons descontos.

O clima de incerteza que ronda o mercado neste início de ano é uma motivação extra para aproveitar as ofertas e fazer um bom estoque em casa.

Vale tomar alguns cuidados na hora das compras, especialmente para evitar vinhos em más condições. Veja o que deve ser observado nas dicas abaixo.

Evite furadas

1. Fuja de safras muito antigas – que podem ter sofrido com más condições de armazenagem. Exposição à luz intensa e ao calor excessivo causam oxidação do vinho. Garrafas que ficaram em pé muito tempo podem ter rolhas ressecadas.

2. Confira se há manchas de vinho no rótulo ou qualquer outro sinal de vazamento. Se o líquido consegue sair, o oxigênio consegue entrar na garrafa e o vinho sofre oxidação. Cheque também a integridade da cápsula metálica, que protege a rolha.

3. Observe se a rolha está saltada ou estufada. Isso indica que a garrafa esteve sujeita a calor anormal e a bebida passou por alguma fermentação espontânea (que empurrou a rolha). O vinho pode ter ficado com gosto de cozido (frutas cozidas).

4. Aproveite para se arriscar com rótulos novos, de origens e uvas diferentes. É um bom momento para experimentar. Se for o caso, divida os riscos com amigos. Além de amortizar o custo, são mais paladares que poderão encontrar um novo caminho.

Os bons e abaixo de R$ 60

Vinhos para o dia a dia, simples e fáceis de beber. Não devem ganhar com guarda. Os preços já estão com desconto:

DOMAINE DE CRISTIA CÔTES DU RHÔNE 2013

Rhône Sul, França

R$ 38,25, Vinos & Vinos

O bom produtor de Châteauneuf-du-Pape também faz este honesto Côtes du Rhône em que a personalidade da Grenache fala alto, com notas terrosas e certo calor.

RIGAL MALBEC 2012

Cahors, França

R$ 39,90, World Wine

Para quem está cansado da versão argentina da Malbec vale conhecer a francesa. Neste caso, a fruta é pura, com menor concentração e potência que os sul-americanos.

CASA DE SAIMA BAIRRADA RESERVA 2008

Bairrada, Portugal

R$ 42, decanter.com.br

Não se assuste com a safra algo antiga. A variedade Baga pede algum amadurecimento em garrafa. A região tem despontado como queridinha de muitos críticos.

FERMASA BALADERO CHARDONNAY 2012

Mendoza, Argentina

R$ 29,20, Barrica Negra

Um Chardonnay simples e baratinho, para abrir sem dó. Há algo de frutas maduras, maçã e abacaxi, sem recorrer ao apelativo excesso de carvalho ou álcool.

CASAJUS SPLENDORE 2013

Ribera del Duero, Espanha

R$ 49,60, Grand Cru

Um tinto que impressiona logo de cara: a Tempranillo aparece exuberante, repleta de frutas negras maduras, taninos finos e algo de tosta e mineral. Ótima opção.

CLOS DES FOUS CAUQUENINA 2011

Itata, Chile

R$ 49, ravin.com.br

O produtor mudou de representante e este tinto é uma ótima oportunidade para conhecer um dos projetos mais revolucionários do Chile.

Mais de R$ 60 sem ostentar

Alguns preços podem assustar um pouco, mas são vinhos com complexidade, identidade e capacidade de guarda.

FATTORIA LA MASSA IGT 2008

Toscana, Itália

De R$ 188 por R$ 119,90, World Wine

Um supertoscano que funciona bem com comida e ainda se sai bem em degustações. O preço promocional equivale ao cobrado sete anos atrás.

QUINTA DO NOVAL LABRADOR SYRAH 2011

Douro, Portugal

De R$ 152,10 por R$ 114,08, Adega Alentejana

Um dos mais renomados produtores do Douro apostou na Syrah e vem obtendo sucesso com este elegante tinto com acidez vibrante.

DOMAINE ROLET ARBOIS BLANC SAVAGNIN OUILLÉ 2009

Jura, França

De R$ 139,50 por R$ 83,70, decanter.com.br

O Jura é uma região minúscula que produz vinhos cobiçados. Este Savagnin é uma boa porta de entrada para os brancos da região.

CAMIGLIANO BRUNELLO DI MONTALCINO 2005 375 ML

Toscana, Itália

De R$ 134,31 por R$ 67,15, Casa Flora

Brunello é sempre um campo minado. Neste caso, o produtor tem qualidade consistente com estilo democrático. Mesmo em 1/2 garrafa, vale a aposta.

BERNABELEVA CAMINO DE NAVAHERREROS 2010

Madri, Espanha

De R$ 115 por R$ 86,25 (6 garrafas), Casa do Porto

A região não é muito conhecida, mas a assinatura de Raul Pérez e os vinhedos antigos de Garnacha (50 anos) eliminam a insegurança quanto à qualidade do vinho.

DOMAINE DE LA SOLITUDE BRANCO 2009

Bordeaux, França

De R$ 118 por R$ 83, Chez France

Bordeaux brancos ainda não estão no radar do consumidor. Este Sauvignon Blanc é cítrico e elegante.

Veja onde e até quando serão as liquidações de dez importadoras:

Adega Alentejana

Até fim do estoque

Onde: R. Cincinati, 12, Brooklin

Tel.: 5044-5760

alentejana.com.br

Barrica Negra

Até fim do estoque

Onde: R. Rocha, 305, Bela Vista

Tel.: 3368-6267

barricanegra.com.br

Casa do Porto

Até 31/1 ou fim do estoque

Onde: Al. Franca, 1.225, Jardins

Tel.: 3061-3003

casadoporto.com

Casa Flora

Até 31/1 ou fim do estoque

Onde: R. Santa Rosa, 207, Brás

Tel.: 3327-5199

casaflora.com.br

Chez France

Até o fim do verão ou fim do estoque

Tel.: 0300 777 6262

chezfrance.com.br

Decanter

Até 27/2 ou fim do estoque

Apenas pelo site decanter.com.br

Grand Cru

Até 31/1 ou fim do estoque

Onde: Rua Bela Cintra, 1.799, Jardins e mais 30 endereços

Tel.: 0800 777 8558

grandcru.com.br

Ravin

Até fim do estoque

Tel.: 5577-5719

ravin.com.br

Vinos & Vinos

Até fim do estoque

Onde: R. Sergipe, 132, Consolação

Tel.: 3156-8455

vinosevinos.com.br

World Wine

De 19/1 até fim do estoque

Onde: R. Pe. João Manuel, 1.269, Jardins, e mais dois endereços

Tel.: 4003-9463

worldwine.com.br

>>Veja a íntegra da edição do Paladar de 15/1/2015

Ficou com água na boca?