Paladar

Bebida

Bebida

Aguinha que pássaro russo não bebe

Vodca quer dizer aguinha em russo. É o diminutivo de voda, água

12 agosto 2010 | 10:33 por Helena Mattar

Especial para o Estado

O significado da palavra russa você agora sabe, mas deve estar curioso para descobrir por que um destilado que tem, em média, 40% de álcool foi batizado de aguinha.

O nome deriva de acqua vitae, ou água da vida, como foram chamados os primeiros destilados que se prestavam a fins medicinais e costumavam ser diluídos em água.

Para ser denominada vodca, a bebida precisa ter passado por três destilações do mosto de grãos, tubérculos ou até de uvas e apresentar teor alcoólico entre 40% e 60%.

Durante muito tempo, Rússia e Polônia brigaram pela paternidade da vodca, mas existem provas de que a origem é russa. No decorrer do século 15 a destilação se desenvolveu significativamente, e por imposição do czar Ivã III o Estado deteve o direito de produzi-la. Em 1765, a rainha Catarina, a Grande, cedeu o direito de destilação à nobreza.

+ Saúde! Ou, za zdorov!

Apreciadora da cultura russa e da vodca, Catarina apresentou a bebida a grandes personalidades de seu tempo, como os filósofos Voltaire, Kant e o poeta alemão Johann Wolfgang von Goethe. Não se sabe que efeito o destilado provoca no pensamento, mas os três escreveram bastante e de maneira complexa.

Nas guerras napoleônicas os soldados russos acabaram se tornando agentes da difusão da vodca pela Europa, pois a bebida fazia parte de sua ração. O sucesso foi tamanho que o Estado tomou o monopólio do destilado mais uma vez.

A produção se desenvolveu e em 1893 o cientista russo Dmitri Mendeleev (aquele que criou a primeira versão da tabela periódica dos elementos químicos) estabeleceu a proporção ideal entre o volume de álcool e de água para a vodca: 38% e 62%, respectivamente. Com o tempo, esses números foram arredondados para 40% e 60%. Só para facilitar.

Mais tarde, com a formação da União Soviética, Lenin proibiu o consumo de vodca. Segundo o revolucionário, a bebida impedia os russos de se engajar politicamente.

Seu sucessor, Stalin, não só liberou o consumo como o incentivou. Aumentou o volume alcoólico para 50% - e reincluiu a vodca na ração dos soldados. Dizem que o fez pelos mesmos motivos de Lenin.

Ficou com água na boca?