Paladar

Bebida

Bebida

Beba sem moderação

A prática de oferecer água gratuita começa a se firmar em São Paulo. O Paladar apoia a gentileza e torce para que ela se torne cada vez mais comum. Confira 19 endereços onde a água não gera impacto na conta

20 fevereiro 2013 | 21:35 por redacaopaladar

Por Júnior Milério

Especial para o Estado

Ainda não dá para dizer que servir água grátis está virando tendência em São Paulo. Mas o simpático costume de restaurantes europeus e americanos de oferecer água filtrada à vontade sem cobrar por ela começa a se firmar na cidade.

O Paladar apoia a gentileza e torce para que as jarrinhas de água sejam colocadas sobre um número cada vez maior de mesas paulistanas. Mas lembra que a ideia não é simplesmente pegar água da torneira e colocar numa jarra. A “água da casa” precisa ter qualidade, já que pode preparar as papilas gustativas para apreciar a comida ou prejudicar uma refeição inteira, se for inadequada para o consumo.

Um dos pioneiros na cortesia é o Le Jazz, em Pinheiros, que serve água de graça desde a inauguração, em 2009. A clientela aprova e retribui, segundo os donos da casa. “Percebo que as pessoas se sentem mais respeitadas e ficam à vontade para pagar por outras bebidas”, diz Gil Leite, sócio-proprietário do restaurante. “O resultado é que duas em três mesas pedem vinho.”

Com ou sem. Há restaurantes que dão água com e sem gás. Outros têm opção aromatizada. FOTO: Clayton de Souza/Estadão

Os sócios do recém-inaugurado Tartar & Co também optaram por servir água sem custo. Georges Henri Foz, sócio da casa que tem como chef Erick Jacquin, fez as contas e calculou que oferecer água grátis reduziria em aproximadamente R$ 600 o faturamento diário. Mas mesmo assim achou que valia a pena. “Água gratuita simboliza a preocupação com o bolso do cliente.”

A chef Vivi, do restaurante homônimo, também prefere perder vendas e ganhar simpatia. “Deixo de lucrar com a venda de água, mas ganho em gentileza.”

E há até restaurantes que oferecem ao cliente a possibilidade de escolher, sem custo, água com ou sem gás. É o caso do Epice, inaugurado em 2011, e do Mangiare, que reabre no dia 1º de março. E há os que oferecem também água aromatizada como o Marakuthai e o Le Repas.

Na contramão desse movimento vai o Marcelino Pan y Vino, na Vila Madalena, que, depois de servir água grátis ao longo de um ano, voltou a cobrar.

Verde. Menos interessado no bolso do cliente ou na simpatia do restaurante, o movimento Água na Jarra tem uma preocupação clara: preservação do ambiente. O projeto iniciado há três anos estimula restaurantes e hotéis a servir a bebida em recipientes reutilizáveis. Cobrar ou não por ela fica a critério da casa. Entre os que aderiram e servem água de graça estão os três endereços de Ana Massochi: Martim Fierro, La Frontera e o novo Jacarandá. Já o Mocotó, aderiu parcialmente ao movimento: cobra R$ 1,90 pela jarra com 500 ml.

PODE PEDIR QUE É GRÁTIS

Veja 21 lugares onde a água é por conta da casa

Bra.do

Em jarras de vidro e à vontade.

R. Joaquim Antunes, 381, Pinheiros, 3061-9293.

Cervejaria Nacional

Água grátis a partir das 17h.

Av. Pedroso de Morais, 604, Pinheiros, 3628-5000.

Chef Vivi

Gratuita, à vontade.

R. Girassol, 833, V. Madalena, 3031-0079

Ciao Vino & Birra

Em jarra de 1 litro, à vontade.

R. Tutoia, 451, Paraíso, 2306-3561

Coffee Lab

Os clientes se servem à vontade em um filtro.

R. Fradique Coutinho, 1.340, Pinheiros, 3375-7400

Epice

Com e sem gás, a água é grátis desde a inauguração, em 2011.

R. Haddock Lobo, 1.002, Jd. Paulista, 3062-0866

Fish Bar

Pura ou aromatizada com limão-siciliano e hortelã.

Al. Tietê, 40, Jd. Paulista, 4327-3400

Jacarandá

A água é gratuita, assim como o couvert.

R. Alves Guimarães, 153, Pinheiros, 3083-3014

La Frontera

Oferece água gratuita.

R. Coronel José Eusébio, 105, Higienópolis, 3255-8867

La Legione

Grátis, à vontade.

Av. do Cursino, 111, Ipiranga, 2935-6669

Le Jazz

Um dos pioneiros da prática em São Paulo, serve água grátis desde que abriu, em 2009.

R. dos Pinheiros, 254, Pinheiros, 2359-8141

Le Repas

Serve água pura ou aromatizada com limão ou hortelã.

R. Ferreira de Araújo, 450, Pinheiros, 2366-9882

Mangiare

Reabre em 1º/3. Grátis, com e sem gás.

Av. Imperatriz Leopoldina, 681, V. Leopoldina, 3034-5074

Marakuthai

A primeira jarra é grátis. Depois custa R$ 9 cada.

Av. Força Expedicionária Brasileira, 495, Ilhabela, (12) 3896-5874

Martín Fierro

Em temperatura ambiente ou gelada.

R. Aspicuelta, 683, V. Madalena, 3814-6747

Meats

Rua dos Pinheiros, 320, Pinheiros, 2679-6323

Pita Kebab

Gelada, vem em garrafas reutilizadas, de vinho ou cerveja

R. Francisco Leitão, 282, Pinheiros, 3774-1790

Ramona

Av. São Luís, 282, República, 3258-6385

Ruaa

Servida em garrafa de vidro (750 ml) à vontade.

R. Mourato Coelho, 1168, V. Madalena, 3097-0123

Tartar &Co

Água gratuita e à vontade.

Av. Pedroso de Morais, 1.003, Pinheiros, 3031-1020

Zeffiro

Mensalmente, a casa chega a servir 880 litros de água gratuita.

R. Frei Caneca, 669, Consolação, 3259-0932

>> Veja todas as notícias da edição do Paladar de 21/2/2013

Ficou com água na boca?