Paladar

Bebida

Bebida

Só de birra

Heloisa Lupinacci

Boa notícia para sua biblioteca cervejeira

'Guia Oxford da Cerveja' obra de referência para quem gosta de estudar a bebida, ganhou edição brasileira, em português

29 de maio de 2020 | 05:00 por Heloisa Lupinacci, O Estado de S.Paulo

Boa notícia para quem gosta de ler sobre cerveja: o Guia Oxford da Cerveja (The Oxford Companion to Beer) ganhou edição brasileira, em português. É obra de referência para quem gosta de estudar a bebida e está aproveitando a quarentena para se aprofundar.

Editado pelo mestre-cervejeiro da Brooklyn Brewery, Garrett Oliver, que também é autor de À Mesa com o Mestre-Cervejeiro (outro livro fundamental), o guia tem mais de mil verbetes, escritos por 166 especialistas do mundo todo. 

Não é daqueles livros para ler de capa a capa, recostado no sofá, girando um snifter de barley wine. É livro de consulta, para deixar meio à mão e abrir que bater alguma curiosidade, uma dúvida, uma pergunta.

Oliver não virou referência nem ficou tão famoso à toa. Ele combina o comprometimento com a cerveja a uma vontade genuína de fazer as pessoas entenderem (e amarem) o assunto. Ou seja, consegue tratar do tema com profundidade, sem simplificar, mas de maneira fácil e acessível. (Se for pensar, algumas de suas melhores cervejas são assim. Pegue a icônica Sorachi Ace. É uma cerveja bem complexa, sofisticada, mas superfácil de beber. É você que escolhe se vai prestar atenção em tudo o que está acontecendo ali ou se vai apenas curtir.)

O livro espelha esse estilo. Ali estão condensadas a história, a ciência e a cultura da cerveja. Tem as matérias primas e as etapas de produção. Os países, as regiões e os estilos. As harmonizações, os copos e as maturações em barril. Tudo bem explicado, mas sem afetação. 

Guia Oxford da Cerveja

Autor: Garrett Oliver (editor) e Iron Mendes (editor da edição brasileira)

Editora: Blucher (1064 páginas; R$ 147 na www.amazon.com.br)

Guia Oxford da Cerveja

Guia Oxford da Cerveja Foto: Reprodução

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Ficou com água na boca?

Tendências