Paladar

Bebida

Bebida

Cafés do Cerrado Mineiro chegam a prateleiras de mercados nos EUA

Cafés especiais brasileiros, selecionados por coffee hunter americano, podem ser encontrados em redes como a Whole Foods

25 abril 2018 | 19:22 por Redação Paladar

O café de cinco produtores do Cerrado Mineiro ganha, nos próximos dias, as prateleiras do Whole Foods e do Central Market, em Austin, no Texas. A torrefação norte-americana Casa Brasil Coffee, comandada pelo coffee hunter Joel Shuler, é especializada em cafés especiais brasileiros e desenvolveu os grãos com os produtores. Mas, além do já consagrado espaço nos mercados estrangeiros, há também uma valorização do processo. Por se tratar de região com Denominação de Origem, as embalagens serão identificadas com informações do terroir e dos produtores.

Sacas do grão brasileiro a caminho dos Estados Unidos

Sacas do grão brasileiro a caminho dos Estados Unidos Foto: Federação dos Cafeicultores do Cerrado

Os produtores e seus cafés

Tomás Eliodoro é cafeicultor experiente seu café se destaca por uma doçura expressiva e sabor de polpa de fruta amarela. 

Marilsa Peternela  comanda a Fazenda Florença em Araguari. A acidez cítrica e o sabor de cajá-manga são destaques no seu lote. 

Gil César de Melo produziu um lote que lote se destaca pelo aroma floral e o sabor com toque de framboesa.

Cristiane Yuki é a nova geração que nasceu na cafeicultura e se apaixonou por ela; hoje divide com o pai o comando da fazenda. Yuki teve 4 lotes selecionados e seus café se destacam pela acidez cítrica e sabor frutado. 

João Paulo Macedo desde muito jovem sonhava em ser cafeicultor, depois de ser colono em algumas fazendas da região conseguiu realizar seu sonho. Seu café se destaca pelas notas de caramelo e açúcar mascavo com uma doçura expressiva. 

 

Ficou com água na boca?