Paladar

Bebida

Bebida

Cafeterias imperdíveis em São Paulo 

Selecionamos 12 endereços que o amante de café precisa conhecer na cidade

15 de março de 2020 | 05:00 por Redação Paladar, O Estado de S.Paulo

Nos últimos anos a cidade observa uma verdadeira explosão de endereços onde é possível cultuar o café especial. Selecionamos 12 endereços que o amante de café precisa conhecer na cidade. 

Grãos de café em torra clara, média e escura.

Grãos de café em torra clara, média e escura. Foto: Hélvio Romero/Estadão

Coffee Lab

O Coffee Lab é o laboratório da barista Isabela Raposeiras. Cafés selecionados por ela, e torrados diariamente por sua equipe, são servido em diferentes métodos. Com uma atmosfera fabril, esta cafeteria é visita obrigatória como uma das referências paulistanas. 

Onde: R. Fradique Coutinho, 1.340, V. Madalena, 3375-7400. 10h/20h

Affogato do Coffee Lab 

Affogato do Coffee Lab  Foto: Felipe Rau/Estadão

 

King of The Fork

Tudo no King of The Fork, ou KOF para os íntimos, remete ao universo das bikes. No cardápio, além do bons coados de grãos selecionados de diferentes perfis, que variam a cada semana, há sanduíches e salgados, mas não deixe de provar o cookie de chocolate. 

Onde: R. Artur de Azevedo, 1.317, Pinheiros, 2533-9391. 9h/20h (sáb., 9h/18h; fecha dom.)

 

The Little Coffee Shop

A The Little Coffee Shop, tem pouco mais de 2m², é o que se pode chamar de “cafeteria de calçada”, onde o salão é na própria rua. Projeto da barista Flávia Pogliani, o café expresso é o carro chefe ali. Os grãos são selecionados pela própria Flávia e torrados por parceiros como o Sofá Café. 

Onde: R. Lisboa, 357, Pinheiros. 12h/17h20 (fecha sáb., e dom.)

 

Coffee Stories

Num edifício tombado da década de 1940, o Coffee Stories se inspira em Burle Marx, com ambiente colorido, descolado e muitas plantas (à venda) por todos os lados. A seleção dos grãos de café está a cargo do barista Pietro Santurbano e podem ser preparados em quatro métodos: o expresso e três coados (Aeropress, Clever e Batch Brew). Já as comidinhas têm a consultoria da chef Joyce Galvão. 

Onde: R. Major Sertório, 92, República, 3151-3552. 8h/20h (sáb., 9h/17h; fecha dom.).

Café é o protagonista da nova casa no Centro

Café é o protagonista da nova casa no Centro Foto: Hélvio Romero|Estadão

 

Um Coffee Co.

Primeiro veio a matriz, instalada no Bom Retiro, e hoje a Um Coffee Co. já tem dois irmãos, ambos em Pinheiros. Seus cafés vêm da fazenda do pai em Minas, em rotação, são 5 ou 6 tipos, servidos em versão espresso ou filtrados, como o kalita (de filtro de papel ondulado).

Onde: R.Júlio Conceição, 553, Bom Retiro. 3229-3988. 8h/17h (9h/17h; fecha dom.) 

 

Hey Coffee

Preços camaradas, menu descomplicado, cafés excelentes e atendimento muito simpático é o que você encontra no Hey Coffee, do barista Tiago Munch, que trabalhou no “Isto é Café”. O endereço escolhido foi o calçadão na República. Boas opções de doces, como um belo brownie preparado no próprio local, acompanham os cafés. 

Onde: R. Dom José de Barros, 152, República. 7h30/19h (sáb., 9h/17h; fecha dom.)

 

Takko

O Takko mudou de endereço no início do ano (mas continua na Vila Buarque, a poucos metros da casa antiga). Com mais espaço, tudo passou a ser feito ali. Os cafés de lotes especiais, em diferentes métodos e receitas – prove o expresso tônica – seguem como a vocação da casa. 

Onde: R. Major Sertório, 553, República 8h/19h (sáb. e dom., 9h/19h) 

 

Kofi & Co

Numa região da zona sul carente de cafés especiais, o Kofi & Co. tem a proposta de oferecer completa gama de métodos de preparo de café – orgulham-se de servir pelo menos 20 tipos de café feitos fora da máquina de expresso –, com grãos selecionados de lotes torrados por Hugo Wolff, do Wolff Cafés.

Onde: R. Alexandre Dumas, 1518, Santo Amaro, 3624-4838. 9h/18h (5ª à sáb., 9h/22h; fecha dom.) 

 

Pato Rei

O Pato Rei é uma pequena cafeteria especializada no cold brew, o café extraído a frio. 

Os grãos vêm de uma fazenda de Minas e torrados ali mesmo. O cardápio de comidinhas guarda outras preciosidades, como o cheesecake e a pannacotta, acompanhamento perfeito para o café, seja quente ou gelado. 

Onde: R. Artur de Azevedo, Pinheiros, 2.087. 2h/19h (fecha dom.). 

Cheesecake. O estilo é americano, mas a receita é japonesa

Cheesecake. O estilo é americano, mas a receita é japonesa Foto: JF Diório|Estadão

 

Coffee Sweet Coffee

A ideia de remeter ao aconchego da casa de avós fica evidente logo quando se entra no Coffee Sweet Coffee. Vale provar um dos cafés especiais servidos ali – muitos deles vindos de pequenos produtores. Para acompanhar, há ótimos doces, como o bolo gelado na xícara, feito com pão de ló de laranja, brigadeiro de cappuccino e chantilly. 

Onde: R. Barão de Tefé, 168, Barra Funda, 3596-2630. 11h30/19h (fecha dom.)

 

RomeoRomeo

O RomeoRomeo é daqueles lugares cosmopolitas, que caberiam em qualquer lugar do mundo. Além do expresso, o menu lista 11 métodos de extração do café coado. Os grãos usados são rotativos e provenientes de várias regiões. Destaque para o balcão de quitutes.. Tem uma filial no no Beco do Batman. 

Onde: R. Bento Freitas, 126, República. 10h/19h (fecha dom.)

 

Urbe

Localizado numa das áreas mais agitadas de São Paulo, próximo à Rua Augusta, o Urbe é conhecido pelo bom serviço de café e pelos excelentes acompanhamentos. Os blends, servidos em diferentes métodos, são selecionados pelo proprietário, que também é produtor de café. Atenção para os drinques elaborados com café, como o negroni e o gim tônica. 

Onde: R. Antônio Carlos, 404, Consolação. 3262-3943. 10h/0h (2ª 12h/0h; 6ª e sáb., até 2h)

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Ficou com água na boca?