Paladar

Bebida

Bebida

Só de birra

Heloisa Lupinacci

Cervejaria Great Divide, queridinha nos EUA, chega ao Brasil

Premiada cervejaria americana chega por aqui com variedade de rótulos, quase sempre potentes, porém equilibrados; conheça os que chegam às lojas

22 de maio de 2019 | 20:29 por Heloisa Lupinacci

As latas, garrafas e pints de Great Divide começam a ser vendidos em São Paulo nesta sexta-feira (24) – primeiro dia de uma sequência de lançamentos que passa por 13 cidades brasileiras. Na capital paulista, tem evento na sexta no Empório Alto dos Pinheiros e sábado na Beer4U. 

Não é por pouca coisa: a Great Divide é cervejaria premiada, queridinha, com boas cervejas e chega com variedade de rótulos: oito, incluindo a Yeti, a mais conhecida da marca. Criada em 1994 por Brian Dunn em Denver, no Colorado, é das favoritas dos beer geeks americanos, com cervejas quase sempre potentes – acima de 7% de teor alcoólico –, porém equilibradas. Uma raridade.

Cervejaria Great Divide em Denver 

Cervejaria Great Divide em Denver  Foto: Great Divide

Em São Paulo, estarão disponíveis no Empório Alto dos Pinheiros (R. Vupabussu, 305), na Beer4U (R. Dr. César, 1.263, Santana), na Let's Beer (R. Joaquim Távora, 961, Vila Mariana) e na Cervejoteca (R. Bartolomeu Gusmão, 40, Vila Mariana). 

Quem importa é a Suds Insanity, que também traz a sueca Niels Oscar, a inglesa Thornbridge e a espanhola Edge.

Rótulos da Great Divide que chegam ao Brasil:

Yeti  

A mais famosa cerveja da Great Divide é uma imperial stout com 9% de teor alcoólico e bastante lúpulo. Para fãs de stouts, é obrigatória. Com esse friozinho, pode ser a companhia ideal para este fim de semana. Vem também a variação com cerejas, YetiCherry Chocolate Stout (R$ 104 a original e R$ 122 com cerejas; 650 ml)

Cerveja Yeti da Great Divide

Cerveja Yeti da Great Divide Foto: Great Divide

Samurai

Rice ale levinha, com 5,5% de teor alcoólico. Leva arroz (que traz notas frutadas e deixa a cerveja mais seca) e não é filtrada, ou seja, é turva. (R$ 32; 355 ml)

Claymore

Scotch ale com 7,7% de teor alcoólico, é um tributo às wee heavy. Espere presença marcante de malte, com aquele fim de gole quente de cervejas mais alcoólicas. (R$ 35; 355 ml)

Denver

Pale ale com 5% de teor alcoólico. Com a proposta de ser cerveja para o dia a dia, promete perfil cítrico e notas de pinho, com final seco e levemente amargo. (R$ 35; 355 ml)

Titan

A IPA da casa, com 7,1% de teor alcoólico e fama de ser intensa porém bem equilibrada. Para os hop heads. (R$ 35; 355 ml)

Colette 

Colette  Foto: Great Divide

Colette

Saison com cevada, trigo e arroz, fermentada em alta temperatura (que normalmente faz com que a cerveja ganhe notas aromáticas específicas que vêm da fermentação), com uma mistura de quatro tipos de levedura. É a primeira que vou provar, porque parece a mais diferente e cabeça de todas. (R$ 33; 355 ml) 

Hercules

Double IPA com 10% de teor alcoólico. Para quem curte exagero, explosão e lúpulo. (R$ 54; 355 ml)

 

Ficou com água na boca?