Paladar

Bebida

Bebida

Só de birra

Heloisa Lupinacci

Cervejeiros da Baladin e do Birrificio del Ducato vêm para o Mondial de La Bière no Rio

Teo Musso, da Baladin, e Giovanni Campari, do Birrificio del Ducato estarão no  Mondial de La Bière

28 outubro 2013 | 17:41 por Heloisa Lupinacci

Os dois nomes mais importantes da cervejaria artesanal italiana estarão no Mondial de La Bière. Teo Musso, da Baladin, e Giovanni Campari, do Birrificio del Ducato vêm ao Brasil para participar do festival que acontece no Rio entre 14 e 17 de novembro.

“Teo Musso é o pioneiro, e Giovanni Campari é o nome da experimentação da cervejaria artesanal italiana”, diz Gilberto Tarantino, dono da Tarantino Multibeer, importadora que traz rótulos das duas marcas para o Brasil.

Filho de fazendeiros, Teo Musso era obrigado a beber vinho caseiro junto com as refeições. Para afrontar o pai, na adolescência, passou a exigir que pudesse tomar cerveja no lugar no vinho. A rebeldia persistiu, Teo começou a produzir cervejas artesanalmente e fundou, em 1986, em Piozzo, a Baladin.

Mais recente, a Birrificio del Ducato nasceu em 2007, em Roncole Verdi, pelas mãos de Giovanni Campari, conhecido por sua precisão e seus experimentos no mundo da cerveja.

Ficou com água na boca?

O Mondial de la Bière, versão brasileira do famoso festival que acontece no Canadá e na França há 20 anos, reunirá 60 cervejarias e mais de 400 rótulos no Espaço Ação Cidadania.

Teo Musso

Giovanni Campari. FOTOS: Divulgação

Ficou com água na boca?