Paladar

Bebida

Bebida

Champagne do século 19 era bem mais doce e menos alcoólico

No século 19, Champagne era menos alcoólico e mais doce. A conclusão veio de uma degustação da bebida de garrafas encontrada de um naufrágio no Mar Báltico e descrita em artigo na revista científica Proceedings of the National Academy of Sciences. Foram provadas Veuve Clicquot e Juglar (adquirida pela Jacquesson) e comparadas a safras modernas (1955, 1980 e 2011).

13 maio 2015 | 17:35 por redacaopaladar

O Champagne tinha poucas borbulhas e estava escuro, quase âmbar. O aroma inicial era desagradável, com notas de animal, cogumelo e queijo. Depois, tornou-se agradável, floral, com notas de carvalho, couro e tabaco. O teor alcoólico era de 9,5%, contra 12,5% de hoje. A diferença pode ser explicada pelo clima mais frio, que levava a uvas menos maduras, com menos açúcar para ser fermentado. Por litro, o vinho tinha 150g de açúcar contra 6g atuais.

>>Veja a íntegra da edição do Paladar de 14/5/2015

Ficou com água na boca?