Paladar

Bebida

Bebida

Château d’Yquem é vendido em leilão por US$ 49 mil

Garrafa da safra 1811 foi vendida a preço inferior que a última da mesma safra, leiloada em 2011 a 75 mil libras

09 dezembro 2015 | 19:17 por redacaopaladar

Uma garrafa de Sauternes Château d’Yquem, o mais célebre vinho de sobremesa botritizado, da safra de 1811, foi vendida por US$ 49 mil no último leilão da Christie’s realizado em Nova York, nos dias 2 e 3.

A safra é considerada a melhor do século 19 para um Sauternes e não há risco de falsificações: a garrafa foi autenticada pela enóloga da casa Sandrine Garbay, em outubro.

Leilão. Garrafa de Château d’Yquem vendida em 2011 por 75 mil libras. FOTO: AFP

O teto a ser cobrado pela garrafa deveria ser US$ 60 mil, tornando o preço final de US$ 49 mil uma leve decepção, especialmente se comparado às 75 mil libras pagas pelo colecionador francês Christian Venneque quatro anos atrás, em 2011, pela mesma safra.

Uma garrafa de uma safra recente de Château d’Yquem custa, no Brasil, entre R$ 2.000 e R$ 5.000 – dependendo do ano.

No mesmo leilão, um Terrantez Madeira 1715 foi vendido a US$ 19,6 mil, acima dos US$ 15 mil esperados. É possivelmente o Madeira mais antigo do mundo, segundo o catálogo da casa de leilões.

>> Veja a íntegra da edição de 10/12/2015

Ficou com água na boca?