Paladar

Bebida

Bebida

Só de birra

Heloisa Lupinacci

Duas cervejarias serão inauguradas neste mês em São Paulo

Em junho, StartUp, em Itupeva, e BR Brew, em Sertãozinho, reforçam o time de cervejarias do Estado

06 junho 2018 | 22:32 por Heloisa Lupinacci

Duas cervejarias – fábrica de cerveja mesmo – serão inauguradas neste mês em São Paulo. No dia 23, começa a funcionar a Start Up, em Itupeva. É uma fábrica grande, com capacidade de 500 mil litros por mês. É bastante. Para se ter uma ideia, cervejarias como Bamberg e Dádiva produzem cerca de 100 mil litros por mês. O que já é considerável.

A Start Up tem um objetivo ambicioso: “Sair desse maldito 1%”, resume André Franken, um dos sócios. Ele se refere à fatia que a cerveja artesanal ocupa no mercado brasileiro. “E conseguir isso com uma fábrica pequena não rola.”

Os sócios André Kunrath e André Franken

Os sócios André Kunrath e André Franken Foto: Alba Artes

O foco é baixar preços. “Isso vai da compra de insumos às técnicas de produção.” Na prática, a fábrica poderá trabalhar de duas maneiras. 1. Simplesmente produzindo a receita de marcas ciganas, modelo já amplamente usado no mercado. 2. Investindo em marcas, como uma aceleradora de startup. E isso inclui investir dinheiro, dar consultorias financeira, tributária e de marketing. “A ideia é dar fôlego para essas marcas poderem ganhar força no mercado”, diz Franken. As duas primeiras a entrar nesse esquema são Avós e Juan Caloto, boas marcas paulistanas. Além delas, a Startup apresentará duas marcas próprias no lançamento da fábrica, no dia 23. 

Ficou com água na boca?

Numa escala bem menor, mas também digna de registro, abre as portas no dia 16 a BR Brew, em Sertãozinho. Com capacidade de produção de 14 mil litros por mês, abre com dois rótulos próprios: uma rara kellerbier, batizada de A Última Gota (4,5%, notas florais); e uma red india pale ale, a Sangue no Zóio (6,5%, notas cítricas). No comando da fábrica está Patrick Bannwart, que já passou pela Karavelle e pela Cervejaria Nacional. Além da produção própria, a ideia é acolher cervejarias ciganas também.

Ficou com água na boca?