Paladar

Bebida

Bebida

Em busca da torra perfeita

O curitibano Otávio Linhares começou tirando cafés. Foi ficando bom no negócio e em 2005 ganhou o campeonato brasileiro de baristas. O prêmio serviu de estímulo para estudar a bebida a fundo. E ele acabou virando consultor. Com tempo, se interessou particularmente pela torra – e passou a experimentar diferentes maneiras de torrar os grãos, variando fatores como tempo, temperatura e rotação do tambor. No fim do ano passado, inaugurou uma microtorrefação na capital paranaense.

04 março 2015 | 19:14 por Míriam Castro

A 4Beans foi aberta em parceria com a mestre de torras Amanda Laffayette e os proprietários do Rause Café, Juca Esmanhoto e Hilda Lambros.

A ideia, desde o início é focar na torra – é através dela que os sócios conseguem obter os sabores que têm em mente. Ao contrário de outras cafeterias que oferecem grande variedade de grãos, eles apostam em menos grãos e tratam de garantir a diversidade por meio da torra. E com um objetivo declarado: valorizar os sabores florais e a acidez dos grãos para obter uma bebida mais leve. Pouca gente faz isso atualmente, segundo Otávio; as marcas mais tradicionais investem em cafés encorpados.

A partir de abril, a 4Beans vai passar a torrar os grãos na frente dos clientes. O processo vai levar apenas 30 minutos entre torra, moagem, embalagem, e o cliente vai poder escolher. Dá até para tomar o café na hora, mas a recomendação é deixar os grãos em descanso por ao menos três dias.

Ficou com água na boca?

Na semana passada, a 4Beans começou a vender online e distribuir seus cafés pelo País. A torrefadora usa grãos de terroirs em Paraisópolis e Erivália, Minas Gerais, Piatã, na Bahia e Cornélio Procópio, no Paraná. Os pacotes de 250g, das variedades catuaí, catuaí amarelo, catuaí vermelho e novo mundo custam entre R$ 19 e R$ 45.

SERVIÇO | 4Beans

Onde: Al. Augusto Stellfeld, 795, lj. 3, Curitiba

Tel.: (41) 9911-8664

4beanscoffeeco.tanlup.com

4beans.otavio@gmail.com

>>Veja a íntegra da edição do Paladar de 5/3/2015

Ficou com água na boca?