Paladar

Bebida

Bebida

Encare o frio com copo na mão

Por aqui, como num eterno verão, a imagem associada à cerveja costuma vir acompanhada de um quê de frescor e leveza.

19 junho 2013 | 23:06 por danielmarques

Já no hemisfério norte, quando os termômetros baixam consideravelmente, os amantes do malte e do lúpulo não precisam deixar de beber cerveja quando as papilas, e o corpo, pedem algo mais potente. Por lá, há uma boa oferta de cervejas com elevado teor alcoólico. Algumas chegam a bater nos 15% – gradação considerada alta até para bebidas tradicionalmente mais alcoólicas, como vinho.

Geladas. Cervejas que esquentam quem bebe. FOTO: Daniel Teixeira/Estadão

As cervejas ao lado são fortes, recomendadas para dias mais frios. Além de generosas no álcool, a ampla paleta de sabores (do adocicado ao amargo) fazem delas o acompanhamento perfeito à mesa. Aquecendo os copos, participaram desta degustação o presidente da Associação de Cervejeiros Artesanais de São Paulo (Acerva) Victor Pereira Marinho e o sommelier de cerveja Evandro Aguiar.

FOTOS: Filipe Araújo/Estadão

Nøgne Two Capitains

Origem: Noruega

Preço: R$ 49,90 (500 ml), na cervejasocialclube.com.br

Teor: 8,5%

Double IPA mais intensa que as IPAs convencionais. É uma cerveja adstringente, boa para os finais da tarde, antes de a temperatura cair de vez.

Aromas: frutados (abacaxi, maracujá e grapefruit).

Sabores: Amargor alto.

Vai bem com: guacamole, pratos apimentados e cremosos.

Uerige Doppelsticke

Origem: Alemanha

Preço: R$ 25 (330 ml) no Empório Sagarana (R. Marco Aurélio, 883, Lapa, 3539-6560)

Teor: 8,5%

Potente e bastante encorpada, mas de bom equilíbrio. Do tipo de cerveja que aquece o corpo e acalenta a alma. Sob medida para os dias mais frios.

Aromas: adocicados, frutados e tostados.

Sabores: bastante amarga.

Vai bem com: sardinha frita, ensopados encorpados e de sabor pronunciado entre outros pratos fortes.

Abbaye des Rocs Blonde

Origem: Bélgica

Preço: R$ 20,30 (330 ml) no plusbeer.com.br

Teor: 9%

Essa é licorosa e frisante, praticamente sem acidez. Mas não se iluda: o álcool está nas alturas.

Aromas: herbais, condimentados, adocicados e frutados.

Sabores: amargor baixo, doçura alta

Vai bem com: panetone e queijos bastante curados. Faz boa parceria com sobremesas, especialmente as que levam baunilha.

Ayinger Celebrator

Origem: Alemanha

Preço: R$ 20 (330 ml) nonobier.com.br

Teor: 6,7%

Se não tiver lareira, faça uma fogueira, ou beba ao lado do fogão. Cheiro de chocolate, nozes e caramelo.

Aromas: adocicados, tostados e frutados.

Sabores: repeteco das nozes e chocolates. Também aparecem cassis e amêndoas.

Vai bem com: queijos azuis, sanduíche de ragu e queijos mofados.

>> Veja todas as notícias da edição do Paladar de 20/6/2013

Ficou com água na boca?