Paladar

Bebida

Bebida

Gosta de vinho, uísque, café? Existe uma cerveja para você

Selecionamos alguns rótulos de cerveja para você encontrar o melhor estilo que agrade o seu paladar

24 fevereiro 2016 | 16:46 por Heloisa Lupinacci

 

  Foto: Asdrubal Fabris|Estadão

Cervejas podem ser amargas, doces, ácidas e até salgadas. São mais de cem estilos. O desafio, para quem não é exatamente um especialista na bebida fermentada de grãos mas não quer ficar repetindo o mesmo rótulo, é achar, nesse mar de variedade, aquelas que agradam o seu paladar. Por isso, fizemos uma sugestão de roteiro para quem está chegando à cerveja por outras bebidas. Com a ajuda do sommelier e professor da Academia Barbante Renê Aduan Jr., escolhi cervejas que servem como início de conversa: depois de prová-las e entender seu gosto, basta seguir explorando.

 

 

  Foto: Asdrubal Fabris|Estadão

As cervejas que tendem a agradar o bebedor de vinho branco são frescas, ácidas e secas. Saisons, tripels, lambics e gueuzes são certeiras. Nelas, o amargor costuma ser moderado.

Saison Dupont

Origem: Bélgica

Preço: R$ 17, 330 ml, na Cervejastore.com.br

É o modelo de saison. É fresca, leve, com acidez discreta, notas frutadas e final seco. Elegante e agradável, tem notas de feno e frutas secas amarelas.

Westmalle Tripel

Origem: Bélgica

Preço: R$ 21, 330 ml, no Beerplanet.com.br

Tripel com perfil seco, cítrico e frutado (peras, pêssego), é intensa e alcoólica (9,5%). É densa, mas ao mesmo tempo fresca. Extremistas da leveza podem achá-la algo cansativa.

Horal Megablend Gueuze

Origem: Bélgica

Preço: R$ 175, 750 ml, no Empório Alto dos Pinheiros

Gueuze é a mistura de lambics, cerveja de fermentação espontânea belga. A Megablend é um blend de gueuzes dos melhores produtores. Ácida e complexa, é um grand cru cervejeiro.

 

  Foto: Asdrubal Fabris|Estadão

Cervejas envelhecidas em barril acertam em cheio bebedores de vinho tinto. O estágio em madeira dá à cerveja, além de notas de tosta, complexidade e acidez, elementos que a aproximam da gama aromática dos tintos.

Rochefort 10

Origem: Bélgica

Preço: R$ 31, 330 ml, na Cervejastore.com.br

Tem notas de figo e tâmaras secas. É a mais doce das três. Se prefere bebidas secas, comece na próxima.

De Molen Zwaaien&Zwieren

Origem: Holanda

Preço: R$ 147,50, 750 ml, no Empório Alto dos Pinheiros

Imperial stout maturada em carvalho combina acidez e dulçor, com notas de uva passa.

Duchesse de Bourgogne

Origem: Bélgica 

Preço: R$ 80, 750 ml, na YesBeer

Lembra muito vinagre balsâmico, equilibra a acidez evidente com dulçor elegante. Até a coloração remete ao vinho: é bordô.

 

  Foto: Asdrubal Fabris|Estadão

 

Além da espuma, tem como traço comum notas que vêm da fermentação. Há estilos de cerveja com essas marcas, que vão além das bière brut — aquelas que refermentam na garrafa com levedura de champanhe.

Tripel Karmeliet

Origem: Bélgica

Preço: R$ 60, 750 ml, no Clubedomalte.com.br

Cítrica, condimentada e frutada. É fácil de beber, mas complexa e densa. Das três sugestões, é a que mais tem aromas que remetem ao grão.

Cantillon Gueuze

Origem: Bélgica

Preço: R$ 200, 750 ml, no Empório Alto dos Pinheiros

É uma explosão de notas ácidas. amarga e cítricas. Tem final seco. Trata-se de um blend de lambics (cerveja de fermentação espontânea) de diferentes estágios de maturação.

Wäls Brut

Origem: Minas Gerais

Preço: R$ 120, 750 ml, no Emporiodacerveja.com.br

Elaborada seguindo o método champenoise, é refermentada na garrafa com levedura de champanhe e maturada por nove meses. O nariz tende ao cítrico.

 

 

  Foto: Asdrubal Fabris|Estadão

As notas de café podem aparecer na cerveja de duas formas: pela adição de grãos de café à receita ou pelo uso de maltes tostados. As cervejas dessa seleção são do segundo tipo, não levam café, mas têm gosto de café.

Guinness Special Export

Origem: Irlanda

Preço: R$ 31, 330 ml, no Cervejaqui.com.br

Versão engarrafada da clássica stout irlandesa tem a nota de café e de tosta amparada por uma discreta acidez e delicado dulçor.

Imperial Biscotti Break

Origem: Nova York

Preço: R$ 139, 660 ml, no Empório Alto dos Pinheiros

É surpreendente: as notas aromáticas (café, chocolate, baunilha) fazem pensar num café com creme adoçado. Mas ela é quase seca. É cremosa, mas não faz muita espuma.

Dum Petroleum

Origem: Curitiba

Preço: R$ 25, 355 ml, no Clubedomalte.com.br

Encorpada, alcoólica (12%) e com notas tostadas que vão do café ao chocolate.

 

  Foto: Asdrubal Fabris|Estadão

 

A combinação de notas de malte, com a presença de aromas defumados em algumas cervejas, mais o estágio em barril gera exemplares feitos sob medida para o bebedor de uísque.

Ayinger Celebrator

Origem: Alemanha

Preço: R$ 23,10, 330 ml, na Costibebidas.com.br

Doppelbock, cerveja de inverno da escola alemã, é complexa, cremosa e muito gostosa. O malte aparece em notas de frutas secas. E o lúpulo dá delicados toques florais.

Belhaven 90

Origem: Escócia

Preço: R$ 25, 330 ml, na Beer4you.com.br

Clássica cerveja escocesa, símbolo do estilo, tem aromas de caramelo com toque defumado, como se fosse uma versão fermentada de um bom uísque daquele país.

De Dochter Ardbeg

Origem: Bélgica

Preço: R$ 109, 660 ml, no Empório Alto dos Pinheiros

Pegue uma cerveja escura e encorpada e coloque-a para maturar em barris do uísque Ardbeg, da ilha de Islay, conhecida por seus single malts com aromas defumados. É essa cerveja.

 

 

  Foto: Asdubral Fabris|Estadão

Quem gosta deste coquetel é um potencial amante de cervejas extremas, da escola americana: o balanço de amargor e dulçor presente no drinque aparece em uma imensa cartela de cervejas. Procure IPAs, Double IPAs e barley wines lupuladas.

Júpiter 10 Lúpulos

Origem: São Paulo

Preço: R$ 23, 300 ml, na Cervejastore.com.br

Imperial IPA com bom equilíbrio entre dulçor e amargor. Para refrescar, o perfil de lúpulo é bem cítrico, lembrando o papel do gim no negroni.

Invicta 1000 IBU

Origem: Ribeirão Preto

Preço: R$ 26,90, 500 ml, na Mundodascervejas.com.br

É para quem prepara negroni com dose extra de Campari. Intensamente amarga. O amargor pernamence na boca entre um gole e outro.

Tupiniquim Polimango

Origem: Porto Alegre

Preço: R$ 19, 310 ml, no Clubedomalte.com.br

É uma double IPA que não leva manga, mas tem notas que lembram a fruta. Doce, amarga e com belo corpo.

Ficou com água na boca?