Paladar

Bebida

Bebida

O gêmeo malvado já está aqui

Dizem que o dinamarquês Jeppe Jarnit-Bjergsø inventou de fazer cerveja só para provocar o irmão gêmeo, Mikkel Borg Bjergsø, idealizador da cervejaria itinerante Mikkeller, fundada em 2006. Não bastasse entrar no mesmo ramo, Jeppe, batizou sua cervejaria de Evil Twin (gêmeo malvado). E, para completar, conquistou a 10ª posição no ranking do RateBeer batendo a Mikkeller, que está em 28º. A razão do sucesso? A criatividade do cervejeiro capaz de defumar a pilsner e fazer ales para hipsters.

10 abril 2013 | 22:05 por danielmarques

Jeppe. Dos 70 rótulos criados na garagem de casa, 5 chegaram ao Brasil. FOTO: Divulgação

A boa notícia é que cinco cervejas da marca desembarcaram no Brasil (importadas pela Beer Legend, (51) 3347-7860): entre elas estão a IPA Femme Fatale Brett e a potente pilsner defumada The Cowboy.

A Evil Twin tem quase 70 rótulos criados na garagem de casa – “meio de teste”, como disse o produtor em entrevista por e-mail. Inclusive uma criada para o Noma, o restaurante número 1 do ranking 50 best.

>> Veja todas as notícias da edição do Paladar de 11/4/2013

Ficou com água na boca?