Paladar

Bebida

Bebida

O vinho contra o coronavírus

Lojas e importadoras de vinho apostam em ações voltadas para as vendas online, desde a redução do valor do frete até cursos nas redes, para entreter os consumidores durante a quarentena

19 de março de 2020 | 19:55 por Suzana Barelli, O Estado de S.Paulo

Na quarentena do coronavírus, o comércio online é um importante canal para a venda dos mais diversos produtos. Não é diferente com o vinho. Tanto na Espanha como na França, segundo monitoramento feito pelo e-commerce brasileiro Wine, os consumidores habituais estão comprando um número maior de garrafas durante este confinamento doméstico, e aqueles que não são clientes estão começando a ver a compra on-line como uma opção para abastecer a adega neste período. “É um hábito de consumo que está sendo mais testado”, afirma Marcelo D’Arienzo, CEO da Wine.

Consumidores estão comprando mais garrafas de vinho online durante isolamento

Consumidores estão comprando mais garrafas de vinho online durante isolamento Foto: Tony Cenicola/NYT

No Brasil, o movimento deve ser semelhante, e as lojas e importadoras estão se preparando para isso. O foco, neste primeiro momento, está na redução no valor do frete para a entrega das garrafas em casa como forma de incentivar a compra por este canal.

Na Grand Cru, o frete é gratis para todas as entregas, com exceção dos Estados do Amazonas e de Roraima. A Wine Lovers tirou o valor do frete para compras acima de R$ 150. Outros exemplos devem ser anunciados em breve.

Mas como o vinho é também entretenimento, há entre os empresários deste setor a ideia de incentivarem o consumo para as pessoas se sentirem ocupadas e se divertirem um pouco durante esta pandemia. Há sempre o risco de tristeza para períodos prolongados em casa.

A Wine é a mais avançada nestas ações. Além do frete gratis, para compras a partir de R$ 140 e da promoção de duas taças por R$ 1, para evitar que os consumidores compartilhem o mesmo recipiente (o que é um foco de contágio), a gigante do e-commerce está criando ações para ampliar o conhecimento do vinho e entreter o seu público.

A primeira é trazer mais histórias do vinho em suas redes sociais – um deles é o Wine Hour, uma “live” com troca de experiências sobre a bebida. Outra é a parceria para os cursos on-line da escola Eno-cultura para os sócios do Clube Wine. O valor do desconto está sendo definido. “Queremos ser relevantes e cumprir o nosso papel social nesta epidemia”, diz D’Arienzo.

A Grand Cru, por sua vez, está lançando a campanha “Um brinde ao agora”, que incentiva as pessoas a brindarem - com vinho, claro -, não apenas em momentos especiais, mas as situações do dia a dia. Acompanha a campanha vários rótulos com a promoção de 30%.

Na contramão destas ações está a alta diária do dólar. A crise do Covid-19 respingou fortemente na cotação da moeda norte-americana, que pressiona (também) o preço dos vinhos importados. A Wine está com 200, dos seus 1.200 rótulos, com o dólar congelado. A Zahil, por sua vez, prevê para o começo de abril o reajuste de 15% em sua tabela de preços, ação que, infelizmente, deve ser acompanhada por outras importadoras.

Errazuriz Max Reserva Cabernet Sauvignon 

R$ 111,93, na Grand Cru

Elaborado no vale de Aconcágua, é um típico Cabernet Sauvignon chileno, com notas de frutas vermelhas e cassis, com toques herbáceos e de especiarias (pimenta-negra). Encorpado, com taninos presentes, este vinho chileno está com desconto de 30% na nova campanha da Grand Cru. 

Errazuriz Max Reserva Cabernet Sauvignon

Errazuriz Max Reserva Cabernet Sauvignon Foto: Grand Cru

 

Bojador Vinho de Talha Branco

R$ 189, na WineLovers

O enólogo Pedro Ribeiro é um defensor das ânforas (talhas) para os vinhos do Alentejo. Ele elabora este vinho com as variedades Perrum, Roupeiro, Rabo de Ovelha e Manteúdo, que fermentam juntas, resultando em um branco mais encorpado e cremoso. Seus aromas são mais cítricos, lembrando doces de casca de laranja, e um toque floral. É um bom exemplo de brancos em ânfora, para quem quer conhecer o estilo. 

Bojador Vinho de Talha Branco

Bojador Vinho de Talha Branco Foto: WineLovers

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Ficou com água na boca?