Paladar

Bebida

Bebida

Onde beber bons negronis no Brasil e no mundo

Para provar versões clássicas ou inventivas, conheça endereços que bares que preparam o drinque com capricho

27 de fevereiro de 2019 | 22:18 por Gilberto Amendola

Apesar da complexidade no sabor, o negroni é um drinque democrático. Não é difícil reproduzir a receita e os ingredientes são fáceis de encontrar - ele é resultado do encontro de três partes iguais de gim, vermute tinto e Campari.

Mesmo extremamente simples, o coquetel merece ser feito com bons ingredientes e cuidado no preparo. No centenário deste ícone da coquetelaria, confira endereços certeiros para bebericar receitas clássicas ou variações autorais.

O negroni do Apothek, um dos bons endereços de coquetelaria em São Paulo

O negroni do Apothek, um dos bons endereços de coquetelaria em São Paulo Foto: Codo Meletti|Estadão

Em São Paulo

● Subastor (R. Delfina, 163, Vila Madalena)

● Apothek (R. Oscar Freire, 2221, Pinheiros)

● Boca de Ouro (R. Cônego Eugênio Leite, 1121, Pinheiros)

● Frank Bar (Maksoud Plaza Hotel - R. São Carlos do Pinhal, 424)

● Guarita (R. Simão Álvares, 952, Pinheiros)

● Guilhotina R. Costa Carvalho, 84, Pinheiros)

● H. Gin (R. Min. Gastão Mesquita, 586, Vila Pompeia)

● Jiquitaia (R. Antônio Carlos, 268, Consolação)

● Riviera (Av. Paulista, 2584, Consolação)

● Sylvester Bar (R. Maria Carolina, 745, Jardim Paulistano)

● Tan Tan (R. Fradique Coutinho, 153, Pinheiros)

Em Nova York

Dante (79-81 Macdougal Street)

Em Londres

Bar Termini (7 Old Compton St, Soho)

Em Toronto

Bar Raval (505 College St)

Em Buenos Aires

Floreria Atlántico (Arroyo 872)

Em Santiago

Siete Negronis (Mallinkrodt 180, Providencia)

Ficou com água na boca?