Paladar

Bebida

Bebida

Só de birra

Heloisa Lupinacci

Os punks da cervejaria

Em seis anos, a cervejaria BrewDog lançou mais de 50 receitas,

09 outubro 2013 | 22:03 por Redação Paladar

Por Daniel Telles Marques

Especial para o Estado

A cervejaria BrewDog, fundada em 2007, segue o lema “faça você mesmo”. Não só porque seus criadores James Watt e Martin Dickie meteram a mão na massa e fizeram as cervejas que queriam beber, mas pela intenção de revolucionar o mundo da bebida, convidando consumidores a se tornarem sócios da empresa. “Diga adeus às prostitutas corporativas da cerveja, loucas por poder e para dominar o mundo”, diz o manifesto Equity for Punks, projeto de microfinanciamento que permite que qualquer fã da cervejaria se torne sócio. Na última vez que puseram ações à venda, arrecadaram mais de £ 3 milhões (R$ 10,6 milhões).

A ideia de revolução econômica é sustentada no copo. Em seis anos, a cervejaria lançou mais de 50 receitas, quebrou o recorde de volume alcoólico da bebida (55% de álcool na End of History), mudou parâmetros de estilos, fazendo cervejas estranhas e equilibradas e, às vezes, incrivelmente caras (£ 500, R$ 1.770, pela garrafa da End of History).

Sem compromisso com parâmetros, fazem desde a Punk IPA, facílima de beber, até cervejas conceituais, como a Bitch Please, barley wine ácida, com cheiro de borracha e sabores incomuns, mas harmoniosos.

São cervejas difíceis de definir, mas surpreendentes. Para encontrar harmonia na estranheza, participaram desta degustação o sommelier Denny Ueda e o cervejeiro da Júpiter, David Michelsohn.

FOTOS: Felipe Rau/Estadão

Cocoa Psycho

Origem: Escócia

Preço: R$ 43 (330 ml) no Empório Alto de Pinheiros (R. Vupabussu, 305, Pinheiros, 3031-4328)

Teor: 10%

Russian Imperial Stout com cacau e café. Impiedosa nos tostados, é altamente amarga, com aquele gosto travante de queimado na garganta. Não é para os fracos e nem para muitos copos entre os fortes. Pelo amargor, vai melhor com sobremesas que com salgados.

Aromas: tostados (café, cacau, caramelo e madeira).

Sabores: o gosto torrado domina e amarga. Doçura média para baixa, acidez e salgado baixos.

Vai bem com: sorvete de creme e sorvete de passas ao rum.

Hardcore You

Origem: Escócia

Preço: R$ 51,75 (330 ml) na costibebidas.com.br

Teor: 9,5%

Parceria da cervejaria com Mikkel Borg Bjergsø, da Mikkeller, é uma IPA fortíssima e como uma bomba de lúpulos. De fazer tremer pelo amargor, mas equilibrada com os sabores vindos dos maltes.

Aromas: frutas amarelas e grapefruit, cheiro de resina vindo do lúpulo.

Sabores: a resina volta a aparecer aqui, toque de álcool e toffee em segundo plano. Amargor alto, doce de médio para baixo, acidez baixa. Cerveja áspera e licorosa.

Vai bem com: carne de pato, molho pesto e gorgonzola.

Lost Dog

Origem: Escócia

Preço: R$ 56,90 (330 ml) na cervejastore.com.br

Teor: 11,5%

Imperial porter fora de linha da cervejaria, mas ainda disponível no Brasil. Mais interessante no nariz que na boca, é uma porrada de álcool (vai lembrar rum).

Aromas: tâmara, ameixa, passas, nozes, caramelo, chocolate e álcool (que neste caso não é defeito).

Sabores: doçura alta, amargor baixo, acidez discreta. Cerveja cremosa e licorosa.

Vai bem com: feijoada, costelinha com molho barbecue, pratos ogros em geral, com muita gordura e sabores tostados.

5 A.M. Saint

Origem: Escócia

Preço: R$ 17,90 (330 ml) no extra.com.br

Teor: 5%

Amber ale fácil e direta, para beber em volume até o dia raiar e fazer jus ao nome da cerveja (Santo das Cinco da Manhã). Produzida com dois tipos de malte e quatro lúpulos americanos, esta cerveja tem grande diversidade de aromas e sabores, que vão se apresentando.

Aromas: leve adocicado de caramelo, frutas amarelas e resina.

Sabores: amargor marcante, mas breve, leve dulçor e resina. Leve e seca.

Vai bem com: queijos gruyère e grana padano, e frango assado.

Ficou com água na boca?