Paladar

Bebida

Bebida

Só de birra

Heloisa Lupinacci

Para provar mais cervejas diferentes sem ir à falência, promova um 'bottle share'

Dividir garrafas com amigos é um jeito mais barato e bem divertido de conhecer mais rótulos, além de dar conta das novidades

21 de agosto de 2019 | 19:17 por Heloisa Lupinacci, O Estado de S.Paulo

Quem tem bons amigos cervejeiros volta e meia é convidado para bottle share. Como o nome diz, é uma divisão de garrafas. E bottle share bom acontece depois de viagem, quando quem viajou chama os amigos para mostrar as cervejas que trouxe na bagagem – e contar um pouco das cervejarias visitadas. É o equivalente cervejeiro a mostrar as fotos das férias.

Divida e multiplique 

Divida e multiplique  Foto: Fernando Sciarra/Estadão

Mas dividir garrafas também pode ser um jeito legal de provar mais cervejas diferentes sem ir à falência. Fica mais fácil dar conta das novidades todas dividindo latas de 473 ml em quatro pessoas (ainda mais com latas custando mais de R$ 40).

Na sexta-feira (16), na garagem da cervejaria Catimba – escondida numa ruazinha da Vila Pompeia – uma trupe de cervejeiros se aquecia em volta do fogo da churrasqueira montada no chão para o bottle share com cervejas vindas do Vermont, berço das New England IPAs, e da Califórnia. 

Foram rodadas e rodadas de IPAs, mas todo mundo vibrou mesmo com as sours da Brattle Beer – especialmente a Gin Barrel Saison, uma saison ácida maturada em barril de gim.

No dia seguinte, o bottle share foi de cervejas nacionais, no molde dividir para multiplicar. E foi dessa rodada que saiu a melhor IPA que tomei nos últimos tempos, a Three Monkeys Hop Dust Citra (leia mais abaixo). Curioso, uma IPA carioca bateu fácil todas as americanas do dia anterior.

E se você ainda não foi convidado para um bottle share, tome as rédeas e promova um. É um barato – e um jeito barato e bem divertido de conhecer mais rótulos. 

Three Monkeys Hop Dust Citra

Preço: R$ 40,90 (473 ml, na brosbeer.com.br)

É uma New England IPA, mas com uma pegada mais seca e refrescante do que as neIPA no geral. Tem 7% de teor alcoólico, mas não parece: a drinkability dessa cerveja é uma loucura! Ela leva um lúpulo só, o queridinho Citra, como o nome indica, todo cítrico. E tem um detalhe técnico: o lúpulo é em pó. Há dois anos se faz a lupulina em pó, uma nova extração de lúpulo que promete mais frescor e mais intensidade. E, a tirar por essa cerveja, promessa cumprida. Os aromas de lúpulo estão brilhantes, frescos, limpos. Uma delícia.

Three Monkeys Hop Dust Citra

Three Monkeys Hop Dust Citra Foto: Bros Beer

 

Ficou com água na boca?