Paladar

Bebida

Bebida

Só de birra

Heloisa Lupinacci

Rauchbier, uma cerveja defumada para o inverno

A cerveja de origem alemã elaborada com malte defumado é versátil e elegante

10 de julho de 2019 | 20:57 por Heloisa Lupinacci

Para muita gente, frio é época de tomar vinho. Para muitas outras, é temporada de explorar os estilos cervejeiros que dão uma sumida do mapa no verão. É um convite e tanto: alguns dos estilos mais interessantes de cerveja são perfeitos para as temperaturas mais baixas – e para acompanhar as comidas mais pesadas, que combinam com o frio, como carnes e salsichões. Pense naquela tábua de embutidos artesanais...

O assunto de hoje é rauchbier, a cerveja de origem alemã elaborada com malte defumado.

As notas aromáticas da cerveja podem ter muitas origens – e ultimamente, as notas aromáticas favoritas são aquelas que vêm do lúpulo e da adição de outros ingredientes à cerveja.

Estamos numa fase de cervejas com adição de frutas e de pastry stouts (assunto da coluna da semana passada), que levam cacau, café, coco, baunilha e o que mais você puder extrair da lista de ingredientes de sobremesas, do tiramisù ao manjar, passando pelo pudim.

No caso da rauch, as notas aromáticas vêm do malte. A cevada maltada, seca e defumada é a espinha dorsal desse estilo que apresenta, obviamente, notas defumadas. O teor alcoólico da rauch varia de 4,8% a 6%, a cor é castanha e a sensação é a de uma cerveja versátil e elegante.

E sabe o melhor? Temos excelentes rauchs produzidas no Brasil, a preços bastante razoáveis. Abaixo, separei três rótulos para aproveitar o frio:

Bamberg Rauchbier

Preço: R$ 19 (600 ml, na costibebidas.com.br)

Sempre que o assunto for estilo alemão clássico, a primeira parada deve ser na cervejaria de Votorantim. Especializada nos estilos da Francônia, a Bamberg produz a melhor rauchbier brasileira. É uma lição de clareza, de paladar limpo e rico. As notas do malte aparecem polidas, vale por uma aula. 

Bamberg Rauchbier

Bamberg Rauchbier Foto: Bamberg

 

Tarantino Rauchbier

Preço: R$ 19,90 (350 ml, na clubedomalte.com.br)

A cervejaria paulistana está mandando bem nas cervejas leves, fáceis de beber e nada óbvias (como a excelente dry stout). A rauch da Tarantino tem 5,6% de teor alcoólico e segue o padrão do estilo direitinho: bem limpa, com as notas defumadas muito claras, fácil de beber mas sem ser simplista. 

Tarantino Rauchbier

Tarantino Rauchbier Foto: Tarantino

 

Schornstein Combusta Rauchbier 

Preço: R$ 22 (473 ml, na cervejabox.com.br)

A parceria da cervejaria de Pomerode com a Olho Embutidos e Defumados tem a proposta clara de harmonizar com os embutidos da marca. Combina, e quanto mais facilitada vier a ideia de harmonização de cerveja com comida, melhor para romper a barreira que ainda persiste, de que à mesa o vinho vai melhor. 

Schornstein Combusta Rauchbier 

Schornstein Combusta Rauchbier  Foto: Schornstein 

 

Ficou com água na boca?