Paladar

Bebida

Bebida

Santiago oferece imersão nos vinhos chilenos sem precisar ir muito longe

AS vinicolas que rodeiam a cidade permitem conhecer em poucas horas a variedade de vinhos e paisagens que o Chile oferece. Confira algumas dicas de passeios que vale a viagem.

08 junho 2016 | 19:50 por Marcel Miwa

De Santiago

Especial para o Estado 

Dentro de Santiago, na sua borda ou a pouco mais de uma hora de distância, o Chile oferece uma imersão no mundo dos vinhos sem precisar ir muito longe. São pelo menos três regiões (Maipo, Casablanca e Colchagua), cada qual com sua paisagem, e em alguns casos dá para chegar de metrô somado a um curto trajeto de táxi ou ônibus.

Hotéis costumam organizar passeios diários, mas pacotes podem incluir programas menos interessantes – vale a pena montar seu próprio roteiro. Em todos os casos, é necessário agendar a visita às vinícolas por e-mail, no site ou por telefone.

 

  Foto: Divulgação

Dentro da capital, alguns restaurantes oferecem boa imersão enológica. No wine bar Bocanariz (www.bocanariz.cl), além da boa cozinha, são 36 opções de vinhos em taça, que também podem ser provados em dosagens menores (50 ml).

No sempre lotado Baco Vino y Bistro, a cozinha está no primeiro plano (pratos simples) e as dezenas de vinhos em taça fogem do óbvio das grandes marcas. Todas as taças vêm com uma etiqueta com o nome do vinho pedido. 

Quem busca tintos e brancos artesanais, feitos em pequena escala, pode viver uma experiência fantástica no 99 Restaurante (www.99restaurante.com). Além do menu-degustação, que vale cada centavo, a carta traz nomes de vanguarda como Rogue Vine, Casas de Bucalemu e Montesecano. 

VALE DE COLCHAGUA

A cerca de uma hora e meia ao sul de Santiago, a paisagem de montanhas íngremes indica condições extremas para fazer vinho. Picos de calor de dia e frio à noite favorecem variedades como Carmenère e Syrah. As vinícolas são as mais preparadas para receber visitantes.

CASA LAPOSTOLLE

Se a fama da família Marnier-Lapostolle esteve historicamente ligada à produção do licor Grand Marnier, hoje a reputação dos vinhos divide o protagonismo. Seu principal rótulo, Clos Apalta, já foi eleito o número 1 no Top 100 da revista Wine Spectator. A vinícola, com seis andares escavados numa rocha, é visita obrigatória.

www.lapostolle.com

A vinícola Casa Lapostolle é visita obrigatória

A vinícola Casa Lapostolle é visita obrigatória Foto: Divulgação

VIÑA MONTES

Soube se adaptar aos tempos modernos, e sua linha Outer Limits explora outras sub-regiões e variedades de uva chilenas. A edificação foi erguida sob os preceitos do feng shui e a sala de barricas em formato elíptico é uma atração.

monteswines.com

 

VIU MANENT

Possui algumas das videiras mais antigas de Malbec no Chile, seu principal vinho, VIU 1, é 100% Malbec de videiras com mais de 100 anos. O tour pode incluir passeio em carruagem. O restaurante Rayuela conserva ostras em água do mar fresca.

www.viumanent.cl

VALE DECASABLANCA

Fica no caminho de Santiago para Valparaíso e a influência do Pacífico deixa os vinhos frescos, aromáticos e elegantes.

 

MATETIC

Numa gigante propriedade com certificação orgânica, a família Matetic cultiva frutas e cria ovelhas (extraem lã e fazem queijos). Os vinhos são biodinâmicos, e os Syrah são destaques. Além de possuir restaurante, a vinícola oferece passeios de bike, birdwatching e cavalgadas.

www.matetic.com

 

CASAS DEL BOSQUE

A produção da família Cúneo está a cargo do neozelandês Grant Phelps, que consegue ótimos resultados com a Pinot Noir e a Sauvignon, em especial na linha Pequeñas Producciones. O restaurante do local, Tanino, é uma das melhores opções da região. www.casasdelbosque.cl

MAIPO

É a região localizada ao sul da Grande Santiago, em plena região metropolitana.

 

UNDURRAGA

Guias bem treinados explicam os processos de produção dos vinhos. A vinícola tem um belo parque, onde se pode agendar piqueniques, e um museu da história do vinho no Chile, já que a vinícola foi fundada em 1885. Um buraco gigante no vinhedo (calicata) mostra o solo.

www.undurraga.cl

 

AQUITANIA

Uma das vinícolas mais próximas do centro da cidade, é cercada por condomínios de casas. Produz alguns dos mais premiados vinhos do país, como o tinto Lazuli, feito das videiras mais antigas de Cabernet Sauvignon desta propriedade.

www.aquitania.cl

 

SANTA RITA

Oferece degustações em vários formatos, piqueniques, roteiro de bike, experiência de fazer o próprio vinho, um museu andino e o restaurante Doña Paula, especializado em pratos chilenos. A construção é tombada como monumento nacional – peça para tomar o café voltado para o jardim no pátio interno.

www.santarita.com

 

ANTIYAL

Seu dono, Alvaro Espinoza, é referência em biodinamismo, não usa maquinários ou químicos e segue ritmos lunares. Seu Antiyal é um dos melhores tintos do país.

www.antiyal.com

 

+ Confira as dicas para conhecer a província de Mendoza e seus arredores

Navegue pelo mapa e encontre outros destinos gastronômicos:

 

 

Ficou com água na boca?