Paladar

Bebida

Bebida

Só de birra

Heloisa Lupinacci

Sommeliers, é hora de se preparar

O campeonato mundial de sommeliers de cerveja acontecerá no Brasil

23 dezembro 2014 | 18:23 por Heloisa Lupinacci

Sommeliers de cerveja do Brasil, preparem-se. Ainda dá tempo de começar a estudar para se candidatar ao posto de melhor do mundo: no ano que vem, o campeonato mundial de sommeliers de cerveja será no Brasil. E para competir nele é preciso passar por uma peneira: o campeonato brasileiro.

A Doemens Akademie, prestigiada instituição de formação de sommeliers de cerveja, decidiu atrelar as duas competições. Apenas os 25 melhores colocados no campeonato brasileiro de sommelier de cerveja, organizado pelo Instituto da Cerveja, poderão participar do mundial, organizado pela Doemens, representada no Brasil pela sommelière Cilene Saorin. A competição mundial será em meados de julho, junto da BrasilBrau, que vai de 15 a 17.

As inscrições para o campeonato brasileiro começam no dia 1º de janeiro e vão até 15 de fevereiro. A primeira etapa será em 1º de março em cinco cidades: São Paulo, Rio, Blumenau, Porto Alegre e Curitiba. Nela, os candidatos devem fazer uma prova teórica. Os classificados deverão vir a São Paulo para as etapas finais, em 21 e 22 de março. No sábado, 21, passam por mais uma fase eliminatória, uma prova de identificação de estilos de cerveja com oito amostras. Os candidatos devem descrever as cervejas e dizer de que estilo são. “É a parte mais difícil”, diz Alex Moraes, campeão da primeira edição do campeonato.

Os cinco melhores vão para a final, em que devem responder a perguntas e executar uma prova de serviço – no ano passado, na primeira edição, tiveram de atender uma mesa com quatro clientes e, depois, servir uma weiss corretamente. Para a final deste ano já estão confirmados no júri os brasileiros Edu Passarelli (Aconchego Carioca) e Juliano Mendes (um dos fundadores da Eisenbahn), o alemão Martin Zuber (Paulaner) – os três estavam no júri do ano passado – e Martin Zarnkow (Weihenstephan).

Os 25 sommeliers que tiverem o melhor desempenho no campeonato brasileiro podem se candidatar ao mundial e têm mais quatro meses para se preparar e enfrentar candidatos do mundo todo.

No ano passado, Tatiana Spogis ficou em terceiro lugar no mundial. E Alex Moraes foi o campeão brasileiro. Pedi aos dois que dessem suas dicas para quem quiser se preparar para as provas deste ano.

3 dicas de Tatiana Spogis

Ela ficou em terceiro lugar no campeonato mundial de 2014

FOTO: Roberto Seba/Estadão

Até decorar

Devore o guia de estilos da Brewers Association.

Degustações

Faça muitas degustações e harmonizações com o máximo de estilos disponíveis no mercado, utilizando o guia da Brewers Association como base. Para cada estilo, prove em torno de seis rótulos. As degustações devem ser meditativas. Se puder, faça às cegas, analisando tudo que envolve o rótulo, como oportunidades de consumo, a que remete, com o que combina. Faça degustações em duplas ou em equipes, comparando as percepções.

Emocional

O nervosismo influencia muito. Trabalhe o lado emocional para manter a calma na hora.

Conselhos do campeão brasileiro Alex Moraes

FOTO: Divulgação

Como se preparar para o campeonato?

Não tem segredo: estudar. Precisa ler muito e fazer muita degustação. Beber bastante, mas de maneira dirigida. Só beber de maneira recreativa não resolve nada. E fazer muita prova às cegas.

Qual é a parte mais difícil do campeonato?

É a degustação às cegas. Normalmente, o problema não é o macro. Por exemplo, perceber a escola, se é uma inglesa ou uma alemã. O difícil é perceber a sutileza, se é um estilo ou outro.

Você fez muita degustação às cegas para se preparar?

Eu ainda faço. Sempre faço degustações às cegas, para estudar.

Como você faz?

Escolho um tema, por exemplo, Alemanha. Dentro desse tema, monto painéis, como lagers claras. Compro os rótulos e ponho na geladeira. Daí, peço para alguém me servir. Provo uma por vez, faço a análise da cerveja e sempre reservo um pouco. A cada três ou quatro amostras provadas, faço uma comparação entre elas e só então revelo os rótulos.

Guia: 50 brasileiras

Está disponível para download na Appstore o aplicativo Estadão Favoritos Cervejas. Nele, são listados 50 rótulos brasileiros que você precisa conhecer para entender o que aconteceu com a cerveja – antes tão poucas, hoje tantas. Cada cerveja tem uma descrição e uma explicação de por que você deve conhecê-la. Há, ainda, sugestões de harmonizações. Para fazer a seleção e a descrição das cervejas, contei com a companhia dos sommeliers Raphael Rodrigues e Rene Aduan. Baixe o aplicativo clicando aqui.

Ficou com água na boca?