Paladar

Bebida

Bebida

Sugestões de vinhos que combinam com os assados da ceia de Natal

Especialistas indicam rótulos em três faixas de preço para harmonizar com os clássicos: peru, tender, chester, cordeiro e bacalhau

22 de dezembro de 2019 | 07:00 por Suzana Barelli, Especial para o Estado

Peru, tender ou chester são os assados clássicos do Natal. Algumas ceias também têm o bacalhau ou o cordeiro como pratos principais para celebrar a data.

Com estas receitas definidas para o jantar natalino, o Paladar pediu para dois especialistas, o sommelier Ricardo Santinho, do restaurante Murakami; e o especialista Felipe Campos, responsável pela carta de vinhos do restaurante MoDi, indicarem quais os vinhos que podem harmonizar com elas.

Peru de Natal 

Peru de Natal  Foto: Roberto Seba/Estadão

Nossa ideia foi sugerir vinhos em três faixas de preço para cada receita: rótulos de até R$ 60, para quem está com o orçamento apertado; de R$ 61 a R$ 100, para aqueles que procuram bons custos-benefícios. E acima de R$ 100, para quem o Natal merece brindes mais altos.

Vinhos para harmonizar com o peru

Receita clássica desta ave natalina, recheada com farofa, pode casar tanto com um branco mais encorpado e de textura mais untuosa (leia-se vinhos feitos com a Chardonnay) ou tintos de corpo médio e taninos bem sedosos.

Até R$ 60

- Aurora Chardonnay Reserva, R$ 43,90, no Pão de Açúcar

- Miolo Gamay, R$ 51,63, na Miolo

De R$ 61 a R$ 100

- Pizzato Chardonnay, R$ 86, na Casa Santa Luzia

- Travers de Marceau, R$ 90, na Delacroix

Mais de R$ 100

- Aneto Pinot Noir, R$ 140, na VinhoMix

- Chateauneuf du Pape Guigal, R$ 613, na Todovino

Vinhos para harmonizar com tender

Na receita clássica desta carne de porco o acompanhamento é o abacaxi em calda, os cravos e, não raro, o mel. São elementos que trazem doçura a esta carne também delicada e pedem vinhos mais aromáticos, em brancos, e também em tintos bem frutados.

Até R$ 60

- Adobe Reserva Gewurztraminer, R$ 47,70, na Super Adega

- Nederburg Pinotage, R$ 45,99, na WineStore

De R$ 61 a R$ 100

- Casa Valduga Terroir Gewurztraminer, R$ 73,90, na Casa Valduga

-  Robert Mondavi Woodbridge Red Blend, R$ 95,40, na Todovinho

Mais de R$ 100

-Riesling Herrenweg Domaine Barmés-Buecher, R$ 240 na 011 Import

- Eugen Müller Forster Mariengarten Riesling Kabinett Halb-Trocken, R$ 139,40, na Decanter

Vinhos para harmonizar com cordeiro

No preparo da paleta de cordeiro estão as ervas, como hortelã e tomilho, o alho para a sua marinada, e a receita, não raro, tem as batatas assadas como guarnição. É o casamento clássico com vinhos de bom corpo, no qual a francesa Cabernet Sauvignon é a principal estrela. Mas outros tintos mais encorpados também casam com a receita.

Até R$ 60

- Posadas Viejas, da Cosecheros y Criadores, R$ 50, na Mistral

- Yali Wild Swan Cabernet Sauvignon, R$ 45,64, na Domno

De R$ 61 a R$ 100

- Setze Gallets, da Celler del Roure, R$ 97, na World Wine

- Montes Cabernet Sauvignon Reserva, R$ 97,99, na Mistral

Mais de R$ 100

- Épico Edição IV Guatambu, R$ 180, na Vinhos e Sabores

- Château Puycarpin, R$ 139, na Zahil

Vinhos para harmonizar com chester

Na receita tradicional, esta carne “prima” do frango, recheada com farofa de ovos, tem sabor mais delicado, o que permite combiná-la com brancos, tintos frutados e de bom frescor, e até com espumantes, para quem quer surpreender na harmonização. 

Até R$ 60

- Bossa no. 5 Brut, R$ 49, 90, na Decanter

- Salton Intenso Marselan, R$ 39, na Salton

 

De R$ 61 a R$ 100

- Cave Amadeu Rústico Nature, R$ 79, na Cave Geisse

- Leyda Syrah Reserva, R$ 79,90 na Grand Cru 

Mais de R$ 100

- Gramona III Lustros Grand Reserva Brut Nature, R$ 449,90, na Grand Cru

- Vivanco Crianza 2014, R$ 151, na World Wine

Vinhos para harmonizar com o bacalhau

Nas inúmeras receitas deste pescado português, é o preparo que define o vinho, que pode ser branco ou tinto (os portugueses, alias, afirmam que bacalhau é bacalhau, não é peixe, e por isso, casa com tintos). A receita escolhida aqui é à lagareiro, com ovos, batata, pimentão, azeitonas e muito azeite. 

 

  Foto: Codo Meletti

Até R$ 60

-Portas do Sol, da Quinta da Alorna, R$ 38,70, na Adega Alentejana

- JP Azeitão Branco, R$ 42,94, na Portuscale

De R$ 61 a R$ 100

- Bico Amarelo, da Quinta do Ameal, R$ 61,90 na Bacco’s 

- Robertson Chardonnay, R$ 76,59, na Vinci

Mais de R$ 100

- Meruge Branco, da Lavradores de Feitoria, R$ 320, na Adega Alentejana

- Crasto Superior Branco, R$ 223, na Qualimpor

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Ficou com água na boca?

Tendências