Paladar

Bebida

Bebida

Tesouro maltado

Os homens que acompanhavam Ernest Shackleton conseguiram chegar ao Polo Sul. Ele, não. O famoso explorador irlandês abandonou a viagem de sua vida 160 quilômetros antes de alcançar o pólo magnético. Houve falta de provisões no grupo que Shackleton liderava – ainda que restassem, tentadoramente, duas caixas de uísque escocês MacKinlay & Co.

18 novembro 2009 | 17:57 por oliviafraga

[o célebre MacKinlay, na versão vintage]

Como se quisesse deixar sua marca no continente gelado, a expedição de Shackleton enterrou no gelo as caixas, localizadas em 2006. Exatos 100 anos depois, um grupo de arqueólogos neozelandeses decidiu ir buscar as garrafas. A busca começa em janeiro do ano que vem. De volta à terra, uma delas será aberta para testes, mas não haverá degustação nem venda do precioso destilado: o tratado de conservação histórica, assinado pelos doze países que coadministram a Antártida, proíbe a retirada de material para fins comerciais.

A Whyte & McKay, que distribui a marca MacKinlay, quer entrar na história e estudar a composição do uísque. Pretendem reproduzir o blend e vendê-lo, mas antes vão ter de brigar com o chefe dos pesquisadores, Al Festier, que não quer que as garrafas saiam da Nova Zelândia. “É melhor imaginar do que provar, assim o mistério se mantém.” A ver.

Ficou com água na boca?