Paladar

Bebida

Bebida

Só de birra

Heloisa Lupinacci

Tupiniquim vai aumentar e enlatar

A nova fábrica deve estar pronta em um ano

29 abril 2015 | 18:25 por Heloisa Lupinacci

A Tupiniquim vai trocar o galpão de 200 m² por uma nova sede de 2 mil m². Na nova fábrica, que deverá estar pronta em um ano, além de triplicar a capacidade produtiva (hoje são 65 mil litros/mês), a cervejaria terá duas grandes novidades

Logo mais. Funky and Sour Ale chega às lojas em breve. FOTO: Divulgação

1. Um espaço para receber visitantes, com sala de degustação, em que serão servidos s todos os rótulos da marca. Parece bobagem, mas ao lado dos tasting rooms da Wäls, da Backer, da Blondine e da Bamberg, entre outras, reforça o cenário de turismo de cerveja, fundamental para a divulgação da cultura cervejeira.

2. Uma linha de envase de latas. Se nenhuma outra cervejaria pequena/média comprar uma dessas até lá, vai ser a primeira do Brasil fora de uma mega. A oxidação por luz é grande inimiga dos deliciosos aromas do lúpulo e o plano é enlatar todas as IPAs (Extra Fancy, Lost in Translation, Anunciação). Mas há outra grande candidata a ser enlatada ali também: a saison Clássica, versão brasileira da Classique, da Stillwater.

Ficou com água na boca?

Enquanto isso, nas próximas semanas, chegam às lojas três novos rótulos da marca, apresentados no Festival Brasileiro da Cerveja. A Tirana Sour, sour ale com levedura de espumante, a Monjolo Floresta Negra, maturada em barril com frutas vermelhas e a Funky and Sour, sour com brett. Depois, vem uma bock bem tradicional, especial para o frio.

Ficou com água na boca?