Paladar

Bebida

Bebida

Só de birra

Heloisa Lupinacci

Tupiniquim vai aumentar e enlatar

A nova fábrica deve estar pronta em um ano

29 abril 2015 | 18:25 por Heloisa Lupinacci

A Tupiniquim vai trocar o galpão de 200 m² por uma nova sede de 2 mil m². Na nova fábrica, que deverá estar pronta em um ano, além de triplicar a capacidade produtiva (hoje são 65 mil litros/mês), a cervejaria terá duas grandes novidades

Logo mais. Funky and Sour Ale chega às lojas em breve. FOTO: Divulgação

1. Um espaço para receber visitantes, com sala de degustação, em que serão servidos s todos os rótulos da marca. Parece bobagem, mas ao lado dos tasting rooms da Wäls, da Backer, da Blondine e da Bamberg, entre outras, reforça o cenário de turismo de cerveja, fundamental para a divulgação da cultura cervejeira.

2. Uma linha de envase de latas. Se nenhuma outra cervejaria pequena/média comprar uma dessas até lá, vai ser a primeira do Brasil fora de uma mega. A oxidação por luz é grande inimiga dos deliciosos aromas do lúpulo e o plano é enlatar todas as IPAs (Extra Fancy, Lost in Translation, Anunciação). Mas há outra grande candidata a ser enlatada ali também: a saison Clássica, versão brasileira da Classique, da Stillwater.

Enquanto isso, nas próximas semanas, chegam às lojas três novos rótulos da marca, apresentados no Festival Brasileiro da Cerveja. A Tirana Sour, sour ale com levedura de espumante, a Monjolo Floresta Negra, maturada em barril com frutas vermelhas e a Funky and Sour, sour com brett. Depois, vem uma bock bem tradicional, especial para o frio.

Ficou com água na boca?