Paladar

Bebida

Bebida

Vai ficar mais fácil escolher os vinhos crus bourgeois

A polêmica classificação bordalesa “cru bourgeois” terá três subcategorias a partir da safra 2014. A aliança dos produtores Cru Bourgeois aprovou, com 78,1% dos votos, a criação das subcategorias cru bourgeois, cru bourgeois supérieur e a mais nobre, cru bourgeois exceptionnel, para os vinhos que entram no mercado em 2016. Para o consumidor a notícia é boa, porque depura uma categoria com mais de 250 produtores. Ajuda a separar os diferentes níveis de vinho.

08 outubro 2014 | 17:41 por marcelmiwa

Criada em 1932, a classificação cru bourgeois reúne châteaux do Médoc de boa relação de qualidade e preço em Bordeaux. A primeira tentativa de criar a subcategoria, em 2007, foi cancelada depois de intensa disputa – o que ocorreu foi que os châteaux que ficaram fora da melhor subcategoria protestaram e fizeram pressão para que a denominação voltasse a ser única, cru bourgeois. Veremos se desta vez ela sobrevive.

FOTO: JF Diorio/Estadão

>>Veja a íntegra da edição do Paladar de 9/10/2014

Ficou com água na boca?