Paladar

Bebida

Bebida

Wits com laranja e limão

Tendência relativamente nova no Brasil, o surgimento de versões nacionais do estilo witbier, da escola belga, vem crescendo e ganhando toques locais: produtores como a mineira Wäls e a paulista Invicta substituíram ingredientes tradicionais das wits – que foram “salvas” da extinção por Pierre Celis, pai da Hoegaarden – por produtos locais, como a laranja da terra e o limão cravo.

02 janeiro 2013 | 21:02 por robertofonseca

Teor alcoólico: médio (5% a 8%)

Copo: Tumbler

Wäls

Origem: Brasil

Preço: cerca de R$ 16 (600ml)

Vai para o copo? Sim, é a melhor do grupo, e também a de melhor custo-benefício.

Velhas Virgens Whitie Rockin’ Beer

Origem: Brasil

Preço: cerca de R$ 20 (600ml)

Vai para o copo? Sim. Poderia apenas atenuar um leve amargor, muito sutil, no final do gole.

Bodebrown Blanche de Curitiba

Origem: Brasil

Preço: Cerca de R$ 26 (500 ml)

Vai para o copo? A cerveja degustada estava diferente de uma versão anterior que experimentei. Vale uma nova tentativa.

Dortmund Schloss

Origem: Brasil

Preço: cerca de R$ 18 (600 ml)

Produzida em Serra Negra, tem baixo teor alcoólico – 4,5%. Aroma de malte, notas cítricas e condimentadas sutis. Acidez refrescante.

Vai para o copo? Faltam aromas e sabores mais pronunciados.

>> Veja todos os textos publicados na edição de 3/1/13 do ‘Paladar’

Ficou com água na boca?