Paladar

Comida

Comida

Anatomia da galinha e muita diversão

Por Paula Moura

31 julho 2010 | 12:08 por redacaopaladar

Com peninhas de galinha na lapela, Mara Salles, Neide Rigo e Ana Soares mostraram a anatomia do bichinho na aula “Cozinha Sem Vergonha: Galinha de Cabo a Rabo” resgatando a época em que se comprava a galinha inteira. “Lembram como era uma surpresa boa quando achávamos um ovinho dentro?”, perguntaram ao público, que viu de perto os de uma galinha destrinchada com todas as suas partes. Até mesmo o testículo do frango virou objeto de estudo, “a parte da vergonha da aula”, brincou Mara Salles.

 O coranchim, geralmente desvalorizado, veio com vários nomes – sobre, sobrecu, micula – e uma pimenta. “Colocamos uma pimenta no rabicó, a jurubeba do ano passado ficou ótima”, divertiu-se Ana. O segredo é tirar a glândula uropigiana, cozinhar bem ‘juntinho’ para a gordura  sair e temperar bem, garantiram as três.

A pesquisa extensa sobre a galinha foi dedicada à cozinheira e escritora Nina Horta a quem atribuíram a frase “essa história de ovos é complicada, tem muito assunto”. As experiências foram tantas que as três passaram a visitar sempre o mercado da Lapa em busca de partes. “Desestabilizamos a demanda de lá”, confessou Mara Salles.

Ficou com água na boca?