Paladar

Comida

Comida

Atala viaja na maionese com Ofélia

Experimentações, rigor técnico e clássicos revisitados sempre estiveram no cardápio do evento, e este ano não foi diferente. Mas dessa vez os pratos da bisavó, as receitas simples e a comida que conforta também encontraram lugar no Paladar – Cozinha do Brasil. Até o hambúrguer teve espaço – em versão gourmet, é claro. O fato é que, neste ano, vanguarda e tradição estiveram lado a lado no menu.

09 maio 2013 | 04:34 por lucineianunes

Durante três dias, a diversidade temperou as aulas e engordou nosso receituário com dezenas de pratos preparados pelos chefs. O que se viu – e comeu – foi um pouco de tudo. Alex Atala, do D.O.M., buscou referência no livro de Ofélia Anunciato, uma das primeiras culinaristas da TV brasileira, para fazer sua maionese de leite.

Couve manteiga, bacalhau e maionese de leite. FOTO: Filipe Araújo/Estadão

Jefferson Rueda, do Attimo, aplicou técnicas ultramodernas no preparo dos desprezados miúdos, dando ao bucho, ao mocotó e ao fígado tratamento de primeira. Rui Gomes, do Grand Hyatt, reinterpretou a moqueca (foto menor) e o escondidinho de carne-seca com abóbora, numa aula muito concorrida. Já o trio Mara Salles, Neide Rigo e Ana Soares recuperou a tradição ibérica de usar morcela, o embutido feito com sangue, no preparo de doces. E assim nasceu um pudim com castanha de caju, rapadura, leite, especiarias… e morcela.

Jefferson Rueda chamusca, no maçarico, fígado de boi. FOTO: Felipe Rau/Estadão

Especialidades de outros locais ganharam toques brasileiros, como as tapas de Ligia Karazawa, as tortilhas de Lourdes Hernández, a doçaria francesa de Daniel Briand e o hambúrguer de Paulo Yoller.

E como todo mundo estava ali para comer, beber e conversar, diletantes e experts dividiram a plateia, pediram dicas e trocaram receitas. Sinal de que querem mesmo voltar à cozinha. Como num encontro de comadres, a aula de bolos brasileiros da chef Carla Pernambuco foi um bom exemplo. Receita de bolo nunca é demais.

>> Veja todas as notícias da edição do Paladar de 9/5/2013

Ficou com água na boca?