Paladar

Comida

Comida

Aulas e madeleines nos dois anos da Marie-Madeleine

Elemento estruturante da cozinha francesa, eternizada nas linhas de Proust, a madeleine – feita como se deve – é a homenageada do mês pela Marie-Madeleine. A sofisticada padaria paulistana completa dois anos em outubro servindo versões do quitute criadas pela chef Izabel Pereira. Para comemorar, na próxima terça-feira, 23, data do segundo aniversário do estabelecimento, as madeleines serão servidas com taças de champanhe. Mas festa não para por aí.

17 outubro 2012 | 22:00 por joseorenstein

FOTO: Divulgação

Dois convidados de honra vêm da França para dar aulas. Jean-Marie Gautier, do Hôtel du Palais, em Biarritz, mostra a cozinha mediterrânea que lhe valeu uma estrela Michelin. No dia 25, quinta que vem – a aula custa R$ 540.

Já o chef boulanger Jean-Louis Clément ensina os meandros da arte de fazer pães. Clément é consultor da Marie-Madeleine e foi professor da École Lenôtre. Foi lá que conheceu Izabel Pereira, sua ex-aluna, hoje amiga. Ele foi eleito em 1994 melhor artesão da França, onde é referência quando se fala em panificação.

As três datas de seus cursos na Marie-Madeleine estão esgotadas. Mas Clément já adianta uma de suas dicas: “O mais importante é saber como lidar com a matéria-prima, conhecer bem a farinha com que vai trabalhar”.

Veja todos os textos publicados na edição de 18/10/12 do Paladar

Ficou com água na boca?