Paladar

Comida

Comida

Botando Banca nasceu para incentivar a comida de rua

16 abril 2014 | 22:17 por redacaopaladar

Donos e chefs de restaurantes paulistanos que vêm se encontrando desde novembro lançaram o movimento Botando Banca, para promover a comida de rua. Mara Salles, do Tordesilhas, que uma vez por mês vende tacacá na calçada do restaurante; Andrea Kauffman, que diariamente serve falafel e outros sanduíches na frente do seu AK; Dagoberto Torres, que vende ceviches na rua no último domingo de cada mês no Suri; Hugo Delgado, que leva suas tostadas mexicanas à calçada do Obá nas últimas quintas do mês; e a confeiteira Carole Crema, do La Vie, que serve raspadinhas na rua da Consolação, assinam um manifesto em que defendem a comida de rua e argumentam que ela deve ser barata e legalizada.

Um panfleto como o abaixo, com um mapa localizando os restaurantes signatários e o manifesto do Botando Banca, será distribuído em cada uma das casas.

Clique na imagem para ampliá-la. 

>> Veja a íntegra da edição do Paladar de 17/4/2014

Ficou com água na boca?