Paladar

Comida

Comida

Cariocas dão adeus ao camarão frito na praia

12 janeiro 2010 | 17:38 por 211

Quem for dar um mergulho em Ipanema, Leblon ou Arpoardor já não poderá repor as energias com o clássico espetinho de camarão, acompanhado por queijo coalho, ou se refrescar com uma caipirinha.

Desde o dia 8 de dezembro alimentos e bebidas manuseados na praia estão proibidos. Responsável por fiscalizar o lanche na orla carioca, a Secretaria Especial da Ordem Pública (Seop) justifica a ação, batizada de Operação Choque de Ordem, como forma de proteger os banhistas de produtos manuseados de forma imprópria.

Está proibido assar ou cozinhar churrasquinhos, queijos, salgados e sanduíches na areia da praia. Todo o tipo de bebidas em embalagem de vidro (das alcoólicas à água mineral)também foram banidas.

Salgadinhos, como coxinha e empadão, preparados em casa estão liberados e podem ser comercializados. O mate vendido em galões, que antes fazia parte do proibidão, foi absolvido e teve a venda permitida.

Segundo o Seop, o projeto piloto implantado em Ipanema, Leblon e Arpoador deve aumentar em breve para as praias de Copacabana e Leme.

Por via das dúvidas, talvez seja melhor levar um lanchinho de casa.

Ficou com água na boca?