Paladar

Comida

Comida

Ferran Adrià vai reabrir o El Bulli, agora como centro de inovação em gastronomia

Chef catalão fez o anúncio durante o Madrid Fusión. A previsão é de que no antigo restaurante também funcione um museu

30 de janeiro de 2019 | 20:18 por Renata Mesquita, O Estado de S.Paulo

DE MADRI

Oito anos depois de anunciar no Madrid Fusión o fechamento do El Bulli, restaurante então triestrelado e considerado um dos melhores do mundo, Ferran Adrià voltou ao mesmo palco, do mesmo evento, para divulgar a inauguração do seu novo projeto, o El Bulli 1846

Não, não se trata de um restaurante, apesar de ocupar o antigo espaço do El Bulli em Cala Montjoi, na Catalunha. Mas de um laboratório e museu de inovação gastronômica.

Chef espanhol de volta à cena

Chef espanhol de volta à cena Foto: Sergio Perez|Reuters

Durante sua apresentação no congresso espanhol, Adrià contou que sua nova empreitada será inaugurada em fevereiro de 2020 e terá como missão criar e expor conhecimento gastronômico, além de preservar o legado de seu restaurante.

A ideia de um laboratório expositivo, ainda sem formato definido, é preservar e expandir o conhecimento das áreas de alimentação e gastronomia como um todo, trabalho ao qual Adrià se dedica desde o fim do restaurante, através da sua El Bulli Foundation. Só para este ano, a entidade promete o lançamento de mais de 30 volumes de sua Bullipedia - Enciclopédia da Restauração Gastronômica Ocidental

O projeto El Bulli 1846 já havia sido anunciado por Adrià em 2014, como um projeto dentro da sua fundação, e já como um grande museu dedicado à história da gastronomia. Depois de alguns anos de espera, Adrià conseguiu aprovação para remodelar seu antigo restaurante e transformá-lo em um centro de mais de 4 mil metros quadrados "onde tudo vai girar em torno da inovação".

A sua apresentação no congresso intitulada "El Bulli 1846: Primeira convocatoria para el equipo creativo", serviu como anúncio para a convocação aos criativos para formar a equipe de inovação do projeto, que será composta de profissionais de diferentes áreas, cozinheiros, psicólogos e jornalistas.

O El Bulli foi eleito o melhor restaurante do mundo cinco vezes sob a batuta de Adrià, que liderou uma revolução de vanguarda na cozinha espanhola e, depois de 28 anos, fechou as portas, em 2011.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Ficou com água na boca?