Paladar

Comida

Comida

Comida japonesa: guia básico para saber o que pedir e como em um restaurante

Para entrar no clima das Olimpíadas, confira roteiro de bons restaurantes japoneses, além de dicas de como se virar em um deles

24 de julho de 2021 | 10:00 por Danielle Nagase e Renata Mesquita, O Estado de S.Paulo

Enfim, as tão esperadas Olimpíadas de Tóquio 2020 chegaram, mas, infelizmente, não exatamente do jeito que a gente esperava. Muitos dos que planejaram carimbar o passaporte rumo ao Japão para acompanhar de perto as competições tiveram que mudar os planos. A saída é tentar entrar entrar no clima com o pouco (ou muito) do que temos da terra do sol nascente por aqui - e, acredite, no país que tem a maior colônia japonesa fora do Japão, há, sim, muita coisa boa (e fiel às origens) para se desfrutar.

Chef Telma Shiraishi dá boas-vindas no restaurante Aizomê.

Chef Telma Shiraishi dá boas-vindas no restaurante Aizomê. Foto: Alex Silva/Estadão

Pensando em você que gosta da comida ou tem vontade de explorar a cultura culinária japonesa para além dos rodízios de sushis, mas tem receio de visitar um restaurante mais tradicional, montamos um guia básico para ajudar a seguir nessa empreitada. Além das dicas do que pedir para comer e beber num desses restaurantes ou bares - fizemos uma seleção de pratos e bebidas alcoólicas típicas que caíram no gosto do brasileiro -, pedimos ajuda para a chef Telma Shiraishi, Embaixadora da Boa Vontade da Difusão da Culinária Japonesa, que deu uma verdadeira aula de etiqueta para ninguém passar vergonha à mesa em meio ao oshibori, hashi, chawan.

Se perdeu na tradução das palavras? Preparamos também um glossário com as principais palavras para que você consiga tirar onda (já que todos os restaurantes e bares sugeridos no roteiro, além de receberem bem a “estrangeiros”, ainda têm cardápio traduzido e pessoas para te atender em português).

E por falar em roteiro, a seleção de Paladar traz 17 restaurantes e bares de onde comer os melhores sushis, lámens, kares, katsu sandos, entre outras receitas populares, aqui em Sâo Paulo. Se, por enquanto, não dá para ir ao Japão, dá pelo menos para se transportar para lá através da comida e bebida japonesas.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Ficou com água na boca?