Paladar

Comida

Comida

Cozinheira de Madame

A produtora e editora de conteúdo para blogs Myriam Castello Branco raramente sabe o que vai comer no jantar. Quem decide o cardápio é a cozinheira pernambucana Raimunda Serafim de Lima, a Lunga, na casa há 22 anos.

04 outubro 2012 | 07:00 por lucineianunes

“Quando faço um prato diferente fico ansiosa para saber se eles gostaram. No dia seguinte, corro até a geladeira para ver se comeram, se sobrou”, conta a cozinheira, que é autodidata e contou com a ajuda dos livros e de alguns amigos de Myriam para inovar e pôr na panela ingredientes como cordeiro, cuscuz marroquino e bacalhau.

O chef Chico Ferreira, do Le Jazz, foi um deles. Ensinou Lunga a preparar carnes e acertar o ponto do salmão. “Já liguei para o Chico várias vezes para tirar dúvidas”, diz a cozinheira. Resultado: ela aprendeu tão bem que passou a dar seu toque às receitas e também a criar novas combinações.

O arroz vermelho que Lunga ensina ao lado é uma delas. “É o prato do momento na casa”, conta. Quando Myriam comprou o arroz, a cozinheira quis logo incrementá-lo com legumes. Às vezes, põe também frango desfiado e serve como prato principal. Para os leitores do Paladar, ela sugere o arroz como acompanhamento do filé mignon com crosta de ervas. Uma dupla perfeita.

RECEITAS

Filé mignon com crosta de ervas

Arroz vermelho com legumes

Ficou com água na boca?