Paladar

Comida

Comida

Das águas doces do Espírito Santo

Os chefs Pablo Pavon e Bárbara Verzola (Foto: Alex Silva/AE)

29 julho 2011 | 14:47 por janainafidalgo

Por Daniel Telles Marques

Ele é primo do pitú, surgiu na Malásia, mas os que desembarcaram em São Paulo cresceram e engordaram nas águas do Espírito Santo. Os Macrobrachium rosenbergii, camarões trazidos por Bárbara Verzola e Pablo Pavon para a palestra “Camarões de água doce” do Paladar – Cozinha do Brasil, ainda não são íntimos dos brasileiros, mas o chefs pretendem mudar essa relação.

“Uma grande culinária não pode ser feita sem um grande produto”, disse Pablo. Para a dupla, o crustáceo produzido nas águas capixabas têm potencial necessário para a criação desta cozinha.

Camarão de água-doce com purê de limão siciliano (Foto: JB Neto)

Com passagens pelo espanhol El Buli, do chef Ferran Adrià, Pablo e Bárbara incorporaram as técnicas do catalão nas receitas com o camarão. Entre as apresentadas (veja vídeo de algumas delas), o espetinho de camarão acompanhado com purê da parte branca do limão siciliano mistura texturas e temperaturas em uma única dentada, e perfumou de camarão o salão que acolheu a dupla.

Além do blog do Paladar, você também pode acompanhar as aulas do Paladar – Cozinha do Brasil pelo Twitter, Facebook e ver fotos no Instagram do Paladar (programa de fotos do iPhone).

Ficou com água na boca?