Paladar

Comida

Comida

Explore os usos culinários da manteiga

Além de estar pronta para ser passada no pão, a manteiga pode ser alterada para que suas características fiquem mais adequadas para algumas tarefas – como fritar ou espessar. Veja aqui algumas formas de uso na cozinha.

05 agosto 2015 | 21:16 por Míriam Castro

A partir do momento em que é feita, a manteiga começa a estragar e ficar lentamente rançosa. De acordo com Alan Davidson, isso se deve a dois processos: oxidação e hidrólise, causados respectivamente pelo oxigênio e pela água. Uma maneira simples de prolongar a vida útil do produto é a clarificação. Como a manteiga é uma emulsão de água em óleo, basta aquecê-la para separá-los novamente. Isso é feito em fogo baixo ou em banho-maria, com cuidado para não queimar. A gordura fica por cima, enquanto a água vai para o fundo. Uma espuma pode se formar no topo – são os sólidos do leite, que devem ser removidos com uma escumadeira. “Percebi que as manteigas nacionais costumam gerar muita espuma e você acaba perdendo produto”, diz a professora da Anhembi Morumbi Luci de Boer. “Para clarificar, talvez seja melhor usar uma argentina, como a La Serenissima.” Depois da separação, é só deixar a mistura esfriar um pouco e colocar a parte superior em um frasco para armazenamento. O resultado é a manteiga clarificada, que aguenta temperaturas maiores sem queimar – serve até para frituras.

Beurre noisette

É uma das maneiras mais populares de usar manteiga na comida francesa. “O nome significa manteiga avelã por causa da coloração caramelo”, diz Luci de Boer. Na cozinha inglesa, é chamada de brown butter. Para fazer, basta levar a manteiga ao fogo baixo em uma panela e aquecer até que derreta. Então, ainda no fogo baixo, espere que ele fique cor de caramelo. Cuidado para não deixar queimar.

LEIA MAIS

+ Pode espalhar que a manteiga é boa

+ Quanto mais gordura, melhor

+ De ovelha, de cabra, de búfala e até iaque

+ O ranking das melhores

Beurre manié (roux)

A “manteiga amassada” é um bom espessante para molhos e sopas, além de ser muito simples de fazer. Ao ser misturada a um líquido quente, ela derrete, soltando a farinha sem fazer bolinhas e empelotar. Para fazer, deixe a manteiga em ponto de pomada (temperatura ambiente) e junte o mesmo peso de farinha de trigo. Misture bem e reserve.

>>Veja a íntegra da edição do Paladar de 6/8/2015

Ficou com água na boca?