Paladar

Comida

Comida

Granola caseira: aprenda a fórmula e crie sua própria receita

Doce, salgada, em barra ou bem soltinha, você decide. Entenda os componentes e suas proporções e crie as suas próprias combinações de sabores

31 de janeiro de 2021 | 05:00 por Renata Mesquita, O Estado de S.Paulo

Quem já provou sabe: granola caseira é muito melhor do que a versão comprada no supermercado. Não é papo gourmet: é daquelas comidas que realmente fazem diferença preparar em casa. Além de sair mais em conta, a versão artesanal é mais saborosa (não tem aquele fundo artificial), fresca, e você sabe exatamente o que vai encontrar na colherada de iogurte do café da manhã – nada daquelas coisas estranhas e não identificáveis. 

Não compre, faça a sua própria granola 

Não compre, faça a sua própria granola  Foto: Goran Kosanovic

A melhor parte ao fazer a sua própria granola é poder adicionar o quanto quiser do que você quiser. Gosta mais azedinha? Capriche no damasco. Quer uma versão mais docinha? A dica é acrescentar uva passa ou uma colher de açúcar mascavo, mais soltinha ou em placas… Apesar de ter virado sinônimo de alimentação saudável, a lista de ingredientes de um pacote de granola industrializada deixa qualquer nutricionista de cabelo em pé. 

Não importa qual seja sua receita de granola, ela vai sempre partir de uma fórmula: uma base simples de flocos de aveia, um pouco de óleo e um adoçante líquido (mel, agave, xarope de bordo) da sua escolha (veja mais abaixo).

A partir daí, pense nela como uma tela em branco. Com esse método em mãos, você tem o caminho para dezenas de variações – incluindo a salgada, ótima para acompanhar saladas. 

Seguindo as proporções – mas não se preocupe se você adicionar um pouco a mais de aveia ou amêndoas, a granola costuma perdoar pequenos desvios – e usando bons ingredientes, tudo vai dar certo e você nunca mais olhará para trás. Só uma recomendação antes de se aventurar: faça uma primeira fornada mais simples e, aos poucos, vá brincando com as combinações e ingredientes. 

Em placas ou bem soltinha, escolha a sua versão preferida 

Em placas ou bem soltinha, escolha a sua versão preferida  Foto: Andrew Scriviani

 

Raio-X da granola 

Entenda os componentes da granola e suas proporções, aplique a receita básica abaixo e crie as suas próprias combinações de sabores. 

Grãos

A base da granola: adicione 3 xícaras de um grão em flocos. O mais comum é a aveia, mas você pode optar por centeio, cevada… Além da base, você pode incrementar com outros grãos, como flocos de milho ou quinoa. 

Castanhas e sementes

Adicione de 1 a 2 xícaras no total na sua base para dar ainda mais sabor e textura. Semente de girassol, de abóbora, castanha de caju, linhaça, castanha-do-pará, amêndoas (picadas ou laminadas), pistache… o céu é o limite. 

Adoçante

Não adianta fugir, 1/2 xícara de um adoçante líquido é necessário para revestir os ingredientes e dar uniformidade a sua granola. Os mais usados são mel e agave. Se quiser mais docinha, você pode colocar mais ou combinar com um pouco de açúcar mascavo, que dá toque caramelizado. 

Óleo

Dá liga e evita que ela se transforme em uma meleca. Use 1/2 de xícara de óleo de sua preferência (azeite, girassol ou de coco), mas lembre-se que alguns emprestam sabor à mistura.

Frutas secas

São opcionais, mas caso opte por colocá-las na sua granola, espere até que ela saia do forno. 1 xícara das frutas secas que preferir, como uva passa, banana-passa em pedaços, damasco em cubos, etc. Lascas de coco fresco também são uma ótima adição. 

Especiarias

Além de uma pitada de sal, que ajuda a acentuar e equilibrar o sabor, você pode “temperar” a sua granola com diferentes especiarias, como canela, cardamomo e gengibre em pó. Mas lembre-se que elas devem combinar entre si. Use com cautela. 

No universo da granola, o céu é o limite. Combine aveia com castanhas, frutas secas e até chocolate 

No universo da granola, o céu é o limite. Combine aveia com castanhas, frutas secas e até chocolate  Foto: Andrew Scriviani

 

Dicas para a granola caseira perfeita 

●  A parte mais difícil é saber quando a granola está pronta. Usar uma temperatura baixa do forno ajuda a secar a granola sem assá-la demais, mas lembre-se de que ela não vai secar assim que sair do forno e, sim, quando esfriar. Por isso, tire-a 

do forno quando ela estiver levemente torrada, com aroma de mel cozido.  

● Se você quiser a sua granola em placas maiores, ou mais “pedaçuda”, pressione bem com uma espátula antes de colocá-la no forno e novamente assim que tirá-la de lá, antes que esfrie. Isso ajudará os componentes a grudar. 

● Para uma versão mais solta, mexa bem a mistura assim que ela sair do forno, para desfazer qualquer torrão maior.

● Deixe a granola esfriar completamente antes de armazenar, caso contrário ela pode ficar melada e murcha. 

● Chocolate: você pode colocar de 1/2 xícara de chocolate em pó junto com os demais ingredientes secos antes de levar ao forno ou colocar chocolate ou cacau picado em pedacinhos depois que a granola estiver fria, pós-forno. 

● Adicione as frutas secas após assar, senão elas vão queimar. Por isso, certifique-se de adicioná-las depois que a mistura estiver resfriada.

 ● Se você comprar castanhas e sementes cruas, misture-as com o resto dos ingredientes antes de assar. Caso já estejam tostadas, espere até que a granola saia do forno para incorporá-las. 

 ●  Para fazer a versão salgada, dispense o adoçante líquido (ela é mais soltinha, não precisa) e brinque com grãos (soja, gergelim, linhaça, chia) e especiarias (lemon pepper, pimenta calabresa, curry, páprica). 

Receitas 

Granola básica

A partir desta receita você pode criar a sua versão com a receita usando as mesmas castanhas e frutas secas, se não quiser. Troque, escolha as que preferir. É só decidir os sabores que você quer, o azedinho do damasco, a doçura da passa. Confira como fazer

Granola bem crocante 

Para essa receita dar certo, a granola tem de ser feita com flocos de milho natural, sem açúcar, flocos de aveia, coco ralado médio, um pouco de óleo e bastante mel de agave. Veja o passo a passo. 

 

  Foto: Gabriela Biló|Estadão

Granola salgada 

A versão salgada pode ser utilizada em saladas, sopas ou em qualquer outro prato que você queira fornecer uma crocância a mais. Aqui você também pode fazer a combinação de ingredientes da maneira que preferir. As opções são diversas! Vale apostar em: linhaça, gergelim, flocos de milho, chia e em muitos outros ingredientes! Por aqui, nós vamos ensinar a fazer uma receita para todas as horas. Confira a receita completa

Barra de granola e damasco

Uma versão para levar no bolso da sua granola preferida. O preparo é fácil e nem precisa ir no forno. Confira a receita. 

Receita de barra de granola e damasco

Receita de barra de granola e damasco Foto: Evan Sung|NYT

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Ficou com água na boca?