Paladar

Comida

Comida

Ladrões levam receitas de Cruffins

Carol Pogash

11 março 2015 | 18:28 por redacaopaladar

Demora três dias para fazer um cruffin, híbrido de croissant e muffin assinado pelo chef pâtissier Ry Stephen. Sua loja, a Mr. Holmes Bakehouse, abriu há três meses em São Francisco e tem fila toda manhã. Agora, o tentador doce pode ter motivado um crime.

Durante uma noite do fim de fevereiro, um ladrão levou a receita dos cruffins, assim como 230 outras, de fichários da padaria. Nenhum outro item foi tocado: dinheiro, equipamento, um iPad, computadores.

Em uma cidade louca por comida, o roubo das receitas deu combustível à demanda. O cruffin “desaparecido” se tornou apenas mais um motivo para visitar a padaria de Stephen.

Cruffins. Sumiço da fórmula bombou vendas da Mr. Holmes. FOTO: Jim Wilson/The New York Times

Esse não foi o único roubo recentemente a restaurantes bem cotados na região. Na noite de Natal, 76 garrafas de vinho foram levadas da adega do restaurante de Thomas Keller, o French Laundry, no Napa Valley. Boa parte delas foi recuperada na Carolina do Norte. O roubo foi estimado em US$ 300 mil em vinhos, alguns raros.

Grace Gatpandan, porta-voz da polícia, prometeu examinar as câmeras de segurança próximas da Mr. Holmes. Quanto a um suspeito, ela disse: “Não temos nenhum perfil em especial, exceto de que é alguém querendo fazer um bolinho delicioso”.

Os cruffins de Stephen não são os únicos no mercado. Na semana passada, a padaria Foxcroft & Ginger, em Londres, anunciou seus próprios cruffins. Stephens não suspeita de que seja sua receita. “Com o poder das mídias sociais, é arriscado replicarem minha fórmula em qualquer lugar do mundo.”

>>Veja a íntegra da edição do Paladar de 12/3/2015

Ficou com água na boca?