Paladar

Comida

Comida

Marca faz palha italiana (que na verdade é bem brasileira) em seis sabores

Ex-aluna de gastronomia investe em doce feito com brigadeiro e biscoito maizena, com produção totalmente caseira

03 outubro 2018 | 19:17 por Ana Paula Boni

POR AÍ - DICAS DA EQUIPE DO PALADAR

Era uma vez um brigadeiro, bem brasileiro, que encontrou biscoito maizena triturado e ganhou o nome de palha italiana. O flerte com a Itália pode ser explicado pela influência de imigrantes italianos no Brasil quando o doce nasceu, mas a nacionalidade dele nem é mais discutida, assim como a do brigadeiro. Pois foi pensando num tipo de doce com a nossa cara que Sheyla Menoni criou seu primeiro negócio durante a faculdade de gastronomia no Mackenzie, onde se formou há pouco mais de um mês.

A ideia começou a se desenvolver no fim de 2017, quando uma de suas filhas pediu que ela reproduzisse uma palha que havia comido numa viagem a Minas. Ao longo deste ano, Sheyla foi aproveitando as aulas da faculdade para aprimorar a receita, testar sabores e fazer fichas técnicas, sob a supervisão de professores como a confeiteira e escritora Joyce Galvão.

Cozinha de casa. Palhas de Sheyla Menoni, sob encomenda

Cozinha de casa. Palhas de Sheyla Menoni, sob encomenda Foto: Gabriela Biló|Estadão

Chegou a seis sabores, que passou a comercializar primeiro no boca a boca há alguns meses, depois em lanchonetes, inclusive a do Mackenzie. Agora, enquanto recebe consultoria da incubadora da universidade, faz o doce também sob encomenda para pessoa física (R$ 4 a unidade; R$ 3,50 acima de 50 unidades; frete a combinar).

As palhas foram primeiro testadas com biscoito triturado, mas Sheyla passou a usar o biscoito inteiro e gostou mais. Ele acaba dando mais estrutura ao doce, de 6 cm por 6 cm, montado com duas camadas de biscoito envolvidas em três de recheio (pesa cerca de 60g cada um, dependendo do recheio).

Os sabores são o tradicional, no qual o brigadeiro é feito com chocolate 50% (chegou a testar com 100%, mas ficou forte demais); limão-siciliano, que leva brigadeiro branco com raspas e o suco do limão; Oreo, em que o biscoito Oreo é intercalado com o maizena (e o recheio branco do Oreo vai dentro da mistura do brigadeiro); Ovomaltine; leite em pó; e, o menos doce de todos, o de café, em que ela usa tanto café solúvel quanto café em pó na produção do brigadeiro, deixando o sabor intenso e nada amargo.

Encomendas: tel. 99392-1142 ou instagram.com/sheylamenoni

Ficou com água na boca?