Paladar

Comida

Comida

Muda o nome, não os espinhos

Nem só de uni vive o ouriço. Na França é oursin e há até um instrumento especial para abri-lo, o coupe-oursin. Na gastronômica Espanha, o erizo é tido em alta conta, figurando em diversos pratos de chefs estrelados. E na Itália, onde é muito comum, especialmente no sul, o riccio di mare faz parte do dia a dia na Sicília, Calábria e Apúlia.

20 fevereiro 2013 | 22:23 por joseorenstein

Sem complicar. Comece apreciando os ouriços num belo prato de spaghetti ai ricci di mare. FOTO: Evan Sung/NYT

O chef Giuseppe Gerundino, da Accademia Italiana, italiano da Apúlia que vive há dez anos em São Paulo, desata a falar quando lembra que o pai mergulhava em Savelletri e trazia mais de 50 ouriços vivos para serem devorados crus. “Com um pouco de pão, um vinho, um pecorino, não há nada melhor. Quando está fresco, é suave, não fica com o gosto forte de iodo”, diz Gerundino.

LEIA MAIS: Uni, duni, tê

Mas, ainda que você não tenha o Mediterrâneo a sua frente e um pai para lhe trazer ouriços vivos para o almoço, com alguma sorte, pode comprar ouriços em São Paulo, em pacotes de meio quilo, a R$ 90, na peixaria Mistugui (R. Galvão Bueno, 364, 3207-3953). Aceita uma sugestão de preparo? Não invente: aprecie-os num belo prato de spaghetti. De acordo com a Grande Enciclopedia Illustrata della Gastronomia, o preparo do clássico spaghetti ai ricci di mare para quatro pessoas é o seguinte: enquanto a massa cozinha (em abundante água fervente), leve ao fogo, numa frigideira, duas colheres (sopa) de azeite e um dente de alho com casca. Quando o azeite estiver quente, acrescente 200g de tomates pelados de lata picados e deixe cozinhar por aproximadamente cinco minutos. Retire o alho da panela. Então, abra 20 ouriços com faca, tomando cuidado para não se ferir (leia ao lado), retire a parte interna e salgue ligeiramente. Quando a massa estiver cozida al dente, leve o molho de volta ao fogo para aquecer, junte os ouriços, deixando apenas o tempo suficiente para escaldá-los. Para finalizar, escorra a massa e misture ao molho com os ouriços. Sirva imediatamente.

>> Veja todas as notícias da edição do Paladar de 21/2/2013

Ficou com água na boca?