Paladar

Comida

Comida

Na categoria 'cartazes', o juiz é você

Por Luísa Melo

03 dezembro 2012 | 16:01 por redacaopaladar

Especial para o Estado

O Bocuse D’or, importante campeonato mundial entre chefs, que ocorrerá nos dias 29 e 30 de janeiro, na França, terá uma de suas categorias decididas pelo público. Está aberta a votação online que vai escolher qual time tem o cartaz que representa a ideia da competição de forma mais criativa.

Assim como na disputa pelo prêmio de melhor prato, equipes de 24 países concorrem ao de melhor cartaz. A brasileira apostou em um cartaz místico, apelando para os poderes do fogo e da água. “A ideia é mostrar que o fogo e a água são mistérios que compõem a cozinha. Sem eles não é possível fazer nada”, explica o presidente da delegação e um dos jurados da competição, Marcelo Pinheiro.

Para ver todos os 23 cartazes participantes e escolher o melhor, basta acessar o site da votação. Essa é a primeira vez em que o público poderá votar. Até a última edição do concurso, em 2009 (o Bocuse D’or ocorre a cada dois anos), os cartazes eram selecionados pela imprensa internacional.

Brasil

Guatemala

França

Estônia

Canadá

Bélgica

A equipe brasileira

O time que vai representar o Brasil na  disputa pelo prêmio de melhor receita do mundo foi selecionado pela Associação dos Profissionais de Cozinha do Brasil (APC Brasil) em uma eliminatória realizada em junho do ano passado. Mais de 50 equipes se inscreveram e seis participaram do processo seletivo.

Quem levou a melhor na disputa foram o chef Fábio Watanabe, o assistente Álvaro Gasparetto e o técnico David Jobert. Em agosto, eles participaram da eliminatória do continente sul-americano, no México, e, em janeiro, seguem para a França para tentar o grande prêmio. Para conseguirem o título de “melhores cozinheiros do mundo”, eles terão cinco horas (4h30 para preparar e 30 minutos para montar o prato e servir os jurados).

Esse ano, o tema do Bocuse D’or (que sempre é composto de uma carne e um peixe) será filet mignon, bochecha de boi e rabo de boi, para as carnes. O peixe será surpresa e os participantes só saberão um dia antes do concurso.

A equipe brasileira vai preparar um filet recheado com a carne do rabo de boi e champignons frescos com molho a base de especiarias e vinho tinto. A guarnição será feita com palmito de pupunha recheado com a carne da bochecha de boi e chips de banana da terra com minilegumes brasileiros (chuchu, quiabo e outros clássicos). “Já estamos fazendo os testes. Para ficar tudo perfeito, temos que montar o prato pelo menos 35 vezes. Nas primeiras tentativas a gente demora umas 10 horas pra terminar tudo e depois vai aperfeiçoando, até chegar nas 5. Porque no dia da competição, se a equipe se atrasar mais de 5 minutos, é desclassificada automaticamente”, conta Marcelo Pinheiro.

E o que você achou dos cartezes? Qual o seu preferido?

Ficou com água na boca?