Paladar

Comida

Comida

Nibs de cacau com temperos são lançados em SP

Marca baiana Amado Cacau vende seus nibs com ervas e condimentos na Feira Sabor Nacional até este sábado (5) no Museu da Casa Brasileira; em breve, eles chegam à Casa Santa Luzia

04 novembro 2016 | 17:34 por Ana Paula Boni

Eles poderiam virar barras de chocolate, mas ganharam temperos e vão bem com saladas e finalizando pratos salgados. São nibs - a amêndoa de cacau triturada, quando ainda não foi moída para virar chocolate - que a marca baiana Amado Cacau repaginou para o consumidor final em quatro sabores, dois salgados e dois doces.

Tem o de ervas finas (são 11 ervas, em que predominam manjericão, orégano e alecrim, e inclui sal do Himalaia e azeite) e o que leva curry, páprica picante e mostarda (além de sal e azeite também). Entre os doces, que vão bem com frutas e iogurtes, um leva só açúcar e o outro inclui ainda cravo, canela e gengibre.

As quatro embalagens (R$ 10, com 40g cada uma) estão à venda no estande da Chocolatar na segunda edição da Feira Sabor Nacional, que ocupa os jardins do Museu da Casa Brasileira nesta sexta (4) e neste sábado (5), com entrada gratuita. Além desses nibs, o estande também vende a embalagem de nibs naturais (R$ 17, com 150g).

Nibs salgados e doces da marca baiana Amado Cacau

Nibs salgados e doces da marca baiana Amado Cacau Foto: Felipe Rau|Estadão

Em breve, os nibs temperados chegarão em embalagem de 100g à Casa Santa Luzia, onde a Amado Cacau já vende sua barra de chocolate 52% cacau (R$ 19,60, com 80g) e a embalagem de nibs naturais (R$ 24, com 150g).

Desde a plantação do cacau ao processamento e embalamento dos produtos, tudo é feito em Ilhéus, zona cacaueira ao sul da Bahia, pelas sócias e cunhadas Greice Costa e Cecília Gomes, que lançaram a marca no ano passado. As duas vêm de famílias de produtores de cacau - a Fazenda Camacan, de onde vem a produção e que pertence à família de Greice, está na quarta geração de cacauicultores.

Em sentido horário, a partir do alto à direita, nibs com ervas, nibs com açúcar, nibs com curry e páprica e nibs com cravo e canela

Em sentido horário, a partir do alto à direita, nibs com ervas, nibs com açúcar, nibs com curry e páprica e nibs com cravo e canela Foto: Felipe Rau|Estadão

A ideia delas é divulgar as qualidades do cacau e, por isso, focam em chocolates com alto teor de cacau. São três as barras: 52%, 56% e 70% cacau. “A gente quer vender produtos atrelando o sabor à saúde, não queremos vender só um ou outro. Além do sabor, tem também o percentual alto de cacau e nenhum conservante ou aditivo”, diz Cecília. No que diz respeito ao sabor, os nibs, que o Paladar conheceu durante o Festival do Chocolate e Cacau da Amazônia, em Belém em setembro, adaptam-se bem ao consumo salgado, já que, puros, eles são amargos (e nada doces).

SERVIÇO

2ª edição da Feira Sabor Nacional

Museu da Casa Brasileira

Av. Brigadeiro Faria Lima, 2.705, Jd. Paulistano

Dias 4 e 5/11, das 10h às 20h, entrada gratuita

Estande Chocolatar: nibs temperados com 40g (R$ 10, cada um)

 

Casa Santa Luzia

Al. Lorena, 1.471, Jardim Paulista

Tel. 3897-5000

Nibs naturais (R$ 24, com 150g) e barra 52% cacau (R$ 19,60, com 80g)

 

Ficou com água na boca?