Paladar

Comida

Comida

Nossa identidade é refeição para compartilhar

Entrevista com Thiago Castanho, chef dos restaurantes Remanso do Bosque e Remanso de Peixe.

19 agosto 2015 | 21:01 por redacaopaladar

FOTO: Daniel Teixeira/Estadão

Os Remansos agora só servem comida para compartilhar?

No Remanso do Peixe, todos os pratos são para compartilhar. No Remanso do Bosque, eu diria que é 60%.

A cozinha brasileira busca sua identidade. Acredito que essa identidade é a refeição compartilhada, com pratos no centro da mesa e todos dividindo.

Desde que fez a mudança, notou mudança no movimento?

Tinha muita gente que vinha para comer o menu-degustação. Mas não notei queda no movimento. Fizemos mudanças criativas no à la carte.

LEIA MAIS:

+ Entrada, entrada e sobremesa

É bom provar tudo, mas é bem chato disputar bocados

A tendência é forte no exterior. Por que agora chegou ao Brasil?

Em época de crise, o luxo passa a ser questionado. As pessoas não deixaram de sair, mas pensam mais no que comer.

Camarão empanado com tapioca do Remanso do Bosque. FOTO: Divulgação

 >>Veja a íntegra da edição do Paladar de 20/8/2015

 

Ficou com água na boca?