Paladar

Comida

Comida

Novo curso aborda cozinha brasileira muito além do folclore

Pós-graduação oferecida pela FMU termina com a divisão regional dos ingredientes brasileiros

28 março 2018 | 19:54 por Redação Paladar

A FMU lançou uma Pós-graduação de Especialização em Cozinha Brasileira. O novo curso, coordenado por Luiz Araújo (também da Anhembi Morumbi, do mesmo grupo Laureate), tem o lastro do Instituto Brasil a Gosto, de Ana Luiza Trajano (foto). Aproveitando o boom da gastronomia brasileira e dos negócios relacionados à alimentação, a ideia é intensificar os conhecimentos de ingredientes típicos.

Para Luiz Araújo, a sacada é que os conteúdos não serão divididos por regiões geográficas, mas apresentados a partir de ingredientes, como milho, cana-de-açúcar e castanhas. Os produtos serão tratados em seu aspecto histórico, características e em diferentes usos em receitas.

 

Ana Luiza Trajano, do Instituto Brasil a Gosto, ministrará a disciplina Mandioca

Ana Luiza Trajano, do Instituto Brasil a Gosto, ministrará a disciplina Mandioca Foto: Luciana Prezia|Estadão

“Ao olhar para os ingredientes e ver a cozinha brasileira como um todo, diminui-se o folclore e valoriza-se o potencial de cada elemento”, diz Trajano. Ela dá como exemplo a mandioca, objeto da disciplina que irá ministrar no curso, usada em todo o País, de maneiras diferentes, da farinha ao polvilho. 

 

+ Pratos com cupim protagonizam enxurrada em cardápios da cidade

+ Novos restaurantes do Rio fazem a ponte aérea valer a pena

Rosa Moraes, diretora de Gastronomia da Laureate Brasil, explica que o curso possibilita a especialização imediata após a conclusão do tecnólogo de gastronomia. “Muitos alunos querem seguir na academia, então combinamos conteúdos teóricos e práticos.” 

O curso dura três semestres (dois de aulas e o terceiro para o TCC), com aulas aos sábados (8h/17h), no Centro de Hospitalidade-Gastronomia da FMU (Av. da Liberdade, 654). Custa R$ 10.425 (15 parcelas de R$ 695).

Inscrições até o dia 6/4 pelo site portal.fmu.br.

Ficou com água na boca?