Paladar

Comida

Comida

Pão de queijo - A Revanche

Sabe aquela lista das paixões nacionais que inclui churrasco, cerveja e futebol? Estamos a ponto de incluir mais uma: pão de queijo. Na semana passada, a publicação do ranking dos melhores pães de queijo de São Paulo na capa do Paladar despertou comentários acirrados, a favor e contra o ranking nas redes sociais.

20 maio 2015 | 14:35 por redacaopaladar

Nenhuma reação foi mais apaixonada que a do restaurateur Rogerio Fasano, na defesa do último da lista, o Pão de Queijo da Haddock Lobo. Ele é frequentador do lugar desde os 5 anos, “quando saía da aula de judô e karatê no Kimura”. E tem enorme admiração pelo gerente Tião, instituição local, que Fasano classifica como “uma das pessoas mais elegantes de São Paulo”.

Foi justamente uma disputa interna na equipe do Paladar entre este pão de queijo e o do St. Marche que inspirou a equipe a fazer uma seleção dos pães de queijo mais cotados da cidade, provar e comparar.

LEIA MAIS:

+ Como fazer o pão de queijo perfeito

+ Cada pão de queijo merece seu próprio café

+ Mineirice francesa ou francesice mineira

+ Receita: pão de queijo da padaria PÃO

+ Receita: pão de queijo da churrascaria Rodeio

+ Receita: pão de queijo do Rubaiyat

+ Receita: pão de queijo do Armazém Lá da Venda

+ Receita: pão de queijo da Deliqatê 

Para Rogerio, não há ranking capaz de desbancar seu preferido. “Venho em nome de milhares de pessoas defender o ‘melhor pão de queijo de São Paulo’: o do Pão de Queijo da Rua Haddock Lobo. Para minha surpresa ele ficou na lanterna na edição do Paladar”, escreveu. Se ele entende a colocação? Diz que só encontrou uma explicação possível: “o tal do Murphy, de fato, existe, pois só um apagão eventual pode justificar o resultado”. E a carta do restaurateur tem um P.S.: “Em segundo lugar o do Rodeio!”.

>>Veja a íntegra da edição do Paladar de 21/5/2015

Ficou com água na boca?