Paladar

Comida

Comida

Paola Carosella encerra o Paladar Cozinha do Brasil pedindo reconexão com a comida

Por Isabelle Moreira Lima

27 setembro 2015 | 19:48 por redacaopaladar

“Tudo bem? Eu tô morrendo de medo.” A saudação, em tom de confissão, poderia ser de um cozinheiro iniciante ao falar em público pela primeira vez. Nada disso, quem a proferiu foi ninguém menos que Paola Carosella, chef do Arturito e do La Guapa alçada à condição de celebridade ao virar jurada do reality show Masterchef Brasil. Paola falou para 300 pessoas na aula que encerrou o 9º Paladar Cozinha do Brasil.

FOTOS: Tiago Queiroz/Estadão

Segundo ela, sua motivação foi uma série de comentários escritos em suas fotos no Instagram. Ela mostrou exemplos como uma imagem dos pés e da cabeça de uma galinha, de uma tábua de madeira com salame, de um pão. Os comentários: “que nojo!”, “aí tem coliformes!”, “está queimado!”

LEIA MAIS:

+ Saiba tudo sobre a 9ª edição do Paladar Cozinha do Brasil 

Para exemplificar melhor o que queria dizer, usou uma bandeja de isopor de peito de frango genérica, das que se encontra nos supermercados, e uma galinha d’angola morta inteira, com penas, pés e cabeça. “Quando você vê o animal assim, você tem muito mais respeito por ele.”

FRASES

“Tem uma enorme desconexão entre o que comemos, de onde a comida vem e o que está acontecendo com ela neste momento.”

“Você não precisa quer ser o Alex Atala. Comida tem moda, como tudo tem. Mas é importante que as pessoas tenham uma linguagem própria e não copiem. Se eu faço o que o Alex faz é um fiasco.”

“Sou a favor dos orgânicos. Mas sou primeiro a favor das frutas e verduras, então se for muito caro, eu sou primeiro a favor de comer frutas e verduras.”

Ficou com água na boca?