Paladar

Comida

Comida

Peixe cru na veia

por Júlia Dias Carneiro

06 junho 2009 | 20:50 por oliviafraga

Ceviche clássico, com manga, ou milho, ou batata-doce, ou banana, ou maná, ou mesmo só como um caldinho puro para beber virando o pescoço. Na aula do chef peruano Coque Ossio e da brasileira Carla Pernambuco, a plateia fez um passeio relâmpago pelas diferentes formas de preparar ceviche no Peru. “Ceviche é o prato mais típico do Peru, preparado na costa, nos Andes, na selva amazônica”, explicou Coque. Cada região incorpora ingredientes diferentes à clássica base composta por cinco elementos: peixe (fresco, muito fresco), cebola, sal, limão e ají. “Alho?”, quis saber alguém da plateia. Não, ají mesmo, nome dado à pimenta típica do Peru. Um potinho com as cinco variedades da pimenta passou pela plateia para todo mundo ver.

O público saiu da aula sabendo fazer até leche de tigre: é esse o nome do caldinho que serve como base para o ceviche, feito com salsão, gengibre, ají, cebola e alho batidos com limão e um pedaço de peixe cru no liquidificador. Pode ser usado tanto para preparar um ceviche relâmpago (basta adicionar os cubinhos de peixe na hora de comer) quanto bebido puro, num shot, como aperitivo. “É que nem nosso caldinho de peixe, né?”, comparou alguém na plateia. Pode ser, mas Coque ensinou: a melhor hora de tomar o suco é depois de uma bela ressaca. Peixe cru na veia!

Felipe Rau/AE

Ficou com água na boca?

Ficou com água na boca?