Paladar

Comida

Comida

Por voo solo, chef deixa Noma. Mas antes, pit stop no Brasil

A escola Noma começa a frutificar. O restaurante dinamarquês, número um da lista de melhores do mundo comandado por René Redzepi, levou a cozinha nórdica ao bosque, em busca de ingredientes frescos. E como o fruto não cai longe do pé, é em Copenhague que o seu braço direito no Noma, o chef Matt Orlando, vai abrir seu próprio restaurante, o Amass, em julho deste ano.

09 de janeiro de 2013 | 22:09 por joseorenstein, Estadão Conteúdo

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Ficou com água na boca?

Tendências