Paladar

Comida

Comida

Wilma Kövesi, a cozinheira e a escola, são tema de exposição no Unibes

Conhecida por ensinar leigos a cozinhar, Wilma também é reverenciada por grandes chefs

06 junho 2018 | 21:18 por Ana Paula Boni

Em 1981, quando Wilma Kövesi abriu sua escola de culinária em São Paulo, o francês Laurent Suaudeau tinha acabado de chegar ao Brasil, Alex Atala era praticamente um garoto e a gastronomia não estava na moda. Passados 37 anos, mesmo após a morte de Wilma em 2004, a escola segue de pé acompanhando o movimento do mercado, atendendo a leigos e profissionais, sendo parte da gastronomia brasileira.

Wilma retratada na Escola em 2000

Wilma retratada na Escola em 2000 Foto: JF Diorio|Estadão

A história de criador e criatura é o que vai contar a exposição “Gastronomia se ensina – Histórias de uma escola de cozinha”, que vai de 20 de junho a 22 de julho no Unibes Cultural. Como uma linha do tempo, a mostra traz fotos, cadernos de receitas, manuscritos, objetos de sua cozinha e outros como sua máquina de escrever Olivetti para contar, por meio de décadas, a história da cozinha de Wilma Kövesi e da época.

“A exposição conta o que estava acontecendo em paralelo à escola e como minha mãe conseguiu trazer isso para dentro, para atingir esse público que é o nosso público até hoje, o leigo que quer aprender a cozinhar”, diz Betty Kövesi, filha de Wilma e responsável, desde 2005, pela escola por onde passaram e continuam passando nomes de peso da culinária nacional.

Wilma dá aula em sua escola nos anos 80

Wilma dá aula em sua escola nos anos 80 Foto: Escola Wilma Kövesi de cozinha

Nas fotos aparecem essas figuras, hoje famosas e que também já estão reverenciando Wilma nas redes sociais. Depoimentos como os de Laurent, Ana Soares, José Barattino e Paulo Barros vão depois compor um vídeo que também vai integrar a exposição.

Além da mostra, uma roda de conversa com chefs que conviveram com Wilma será mediada, no dia 5/7 (às 19h), pelo jornalista Luiz Américo Camargo, curador da exposição, segundo quem Wilma “foi um pouco Rita Lobo, um pouco Julia Child, um pouco Ofélia, um pouco Google e Youtube”.

Ainda haverá, em 13/7 e 8/8, aulas gratuitas ministradas por nomes como Carlos Siffert e Carole Crema com receitas de Wilma Kövesi. Receitas dela podem ser encontradas em seu livro Receitas Para Todo Dia e Para Os Outros Também (ed. DBA, 268 págs.), que traz, em explicações didáticas, preparos que ela ensinava em aula ou fazia em casa para a família. Um livro indispensável. 

Receitas para todo dia e para os outros também

Receitas para todo dia e para os outros também Foto: Reprodução

 

SERVIÇO

"Gastronomia se ensina – Histórias de uma escola de cozinha" no Unibes Cultural 

Onde: R. Oscar Freire, 2.500

Quando: de 20/6 a 22/7, de segunda a sábado, das 10h às 19h

Quanto: entrada gratuita 

Informações: unibescultural.org.br

Ficou com água na boca?